Reginaldo já planeja trabalho da Inocentes no Especial em 2013

 

 

Em 2013 a Inocentes de Belford Roxo vai estrear no Grupo Especial e, para não fazer feio na elite do carnaval, a Caçulinha da Baixada já se movimenta para alcançar a meta de permanecer entre as 12 maiores escolas de samba do Rio de Janeiro. Quem garante isso é o presidente da escola, Reginaldo Gomes, que afirma estar dividido entre duas propostas de enredo, uma autoral e a outra patrocinada, em homenagem a um país. Além disso, o dirigente afirmou que o intérprete Thiago Britto e o carnavalesco já renovaram seus contratos.

– Devo definir essa questão do enredo até o final do mês. O Wágner tem uma proposta e ficou de me entregar o projeto no dia 25. Até sexta terei uma reunião para saber detalhes de um enredo patrocinado. Seria uma homenagem a um país. Sobre os profissionais, já renovamos com o Thiago Britto e o Wágner Gonçalves. Com o Patrick Carvalho, da comissão de frente, já temos um pré-contrato e a renovação está muito bem encaminhada. O que precisamos agora é correr atrás de um diretor geral de harmonia, já que o Marcelo Varanda pediu desligamento da escola – explicou Reginaldo. O nome de Patrick Carvalho, chegou a ser comentado na Beija-Flor de Nilópolis, segundo o site CARNAVALESCO apurou.

 

Apesar de ter vencido o Grupo de Acesso A na soma das notas dadas pelos julgadores, a Inocentes ainda não teve o seu título homologado pela Prefeitura. Perguntado sobre o tema, Reginaldo diz que no contrato assinado entre Prefeitura, Lesga e Liesa, não existe nenhuma cláusula que obrigue a homologação do título pela Prefeitura para que uma agremiação ascenda ao Grupo Especial.

 

– No contrato não há nada a respeito disso. É claro que se houver alguma coisa que impeça a Inocentes de participar do Grupo Especial, vamos tomar as medidas cabíveis na justiça. Não estou querendo me esconder de nada. Todas as medidas legais foram tomadas. Todas as atas de apuração e os mapas foram enviados aos órgãos competentes e registrados em cartório, como pede o contrato. O Ministério Público está investigando e chamando todos os julgadores e presidentes das escolas para depor. Eu mesmo já fui depor. Até agora nada de concreto aconteceu: o resultado não foi impugnado e a Lesga não está sendo processada. Vamos aguardar o resultado das investigações do Ministério Público. Já passamos 60 dias do carnaval e nada foi comprovado. Acredito que haverá bom senso da Riotur e do prefeito Eduardo Paes. Se nada for comprovado, a escola deve ser declarada vencedora.

 

Reginaldo revelou também já ter inclusive conversado com o presidente da Liesa, Jorge Luiz Castanheira, a respeito da mudança da Inocentes de Belford Roxo para a Cidade do Samba. Segundo o dirigente da Tricolor, Castanheira deu um prazo até o dia 30 de abril para que seja definida a data da mudança, já que a Cidade do Samba ainda passa por obras. No galpão que servia de barracão para a Inocentes, a Renascer de Jacarepaguá vai se instalar.

 

Ciente da disparidade das medidas, principalmente das alegorias, entre o Grupo Especial e o Grupo de Acesso A, Reginaldo disse que irá sim investir na compra de novos chassis para suas alegorias, mas que o fará depois que a mudança para a Cidade do Samba ocorrer. Ele prometeu investimento pesado no carnaval da Inocentes.

 

– Ainda não sei quanto será a subvenção, mas garanto que vamos gastar mais do que esse valor. Vamos fazer um carnaval digno de Grupo Especial. O astral em Belford Roxo é ótimo e muitos empresários querem ajudar a escola, manter o nome do município em alta.  

Comente: