Roda de Samba do Imperator recebe o Mestre Wilson das Neves no próximo dia 23

O Centro Cultural João Nogueira (Imperator) segue com sua programação da Roda de Samba do Imperator. Sempre com alto astral, este projeto inovador tem como objetivo, além de levar grandes atrações para a casa de shows, apresentar um artista já consagrado pela mídia e público e jovens talentos do samba, para que tenham a possibilidade de maior visibilidade e auxiliar no impulsionamento de suas carreiras.

Para esta edição, o grupo Samba da Arruda que sempre comanda a roda receberá o Baluarte e Mestre Wilson das Neves e o jovem sambista Alex Ribeiro, no dia 23 de julho, a partir das 20h. Dois ícones do Império Serrano que farão uma bela homenagem ao saudoso Roberto Ribeiro que se estivesse vivo completaria 75 anos.

Mestre Wilson das Neves: É cantor, compositor e baterista. Em 2013, lançou o conceituado CD “Se me chamar, ô sorte” (Universal Music). Em 2014, foi o grande vencedor do 25º Prêmio da Música Popular Brasileira com 5 troféus, sendo o grande homenageado da premiação que teve uma edição especial ao homenagear pela primeira vez um gênero musical: o SAMBA.

Com mais de cinquenta anos de carreira, como baterista, participou de mais de 600 gravações e acompanhou grandes nomes da MPB como: Carlos Lyra, Ney Matogrosso, João Bosco, Maria Bethânia, Gal Costa, Emílio Santiago, Nelson Gonçalves, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Alcione, Tom Jobim, Miucha, entre vários artistas da MPB além de internacionais como Michel Legrand, Toots Thielemans, Sarah Vaughan e Sean Lennon.

Alex Ribeiro: Cerca de 8 anos atrás, ele não tinha em mente seguir os passos do pai, o saudoso Roberto Ribeiro. Sua paixão era o futebol e ele, então, tornou-se jogador profissional. Porém, quis o destino que Alex, no local certo, com gente certa, enveredasse pelo mundo da música: "Tudo começou em uma pelada organizada pelo Arlindo Cruz, no Recreio. Nela, bambas como Xande de Pilares, Sombrinha e Zeca Pagodinho, quando terminava o jogo, armavam aquela boa roda de samba."

Recentemente, Alex lançou seu primeiro CD “Chegou quem faltava”, repleto de sambas de sua autoria e com parceiros de peso como Sereno , André Renato e Xande de Pilares. O CD traz clássicos como: Vazio (Nelson Rufino), Bate Coração (Roberto Ribeiro e Toninho Nascimento) e Todo Menino é um Rei (Nelson Rufino e Zé Luiz).

Samba da Arruda: São 10 anos, completados em maio de 2015, de samba e amizade, pois o Arruda e seus componentes acreditam que o samba é muito mais que um estilo musical, é um estilo de vida, um jeito de viver. Tudo começou de maneira despretensiosa na famosa banca da tia Zezé, ao lado do viaduto da Mangueira. Hoje, o grupo se apresenta de maneira consistente em renomadas rodas de samba, como Renascença e Samba Luzia, além de conceituadas casas de shows como a Lapa 40º, Imperator, Centro Cultural Carioca, Terreirão do Samba e outros redutos. A intenção era apenas se divertir, relembrar os grandes mestres e sambas antigos da Estação Primeira. De lá para as melhores casas de shows e rodas de samba do Rio de Janeiro e São Paulo, são 10 anos fielmente dedicados ao mais brasileiro dos ritmos.

Muitas conquistas marcaram 2014, mas a principal, contou com a direção musical do mestre Milton Manhães e arranjos de Ivan Paulo: o grupo realizou o sonho de gravar o primeiro CD da carreira, homônimo. São 13 faixas inéditas, de renomados compositores, como Toninho Geraes, Claudinho Guimarães, Altay Veloso, Xande de Pilares, e também representando a nova geração, André da Mata, Rafael de Moraes, Armandinho do Cavaco e Nego Josy.

O evento tem produção de Ângela Nogueira e realização do Imperator – Centro Cultural João Nogueira.

Serviço:

Roda de Samba do Imperator – Centro Cultural João Nogueira

Dia: 23 de julho de 2015

Horário: das 20h às 00h

Local: Imperator

Endereço: Rua Dias da Cruz, 170 – Méier

Ingressos: R$20,00 (inteira) e R$10,00 (meia-entrada), na bilheteria do Imperator e através do www.ingresso.com  

Informações: (21) 2597-3897 | 2596-6523