Rodrigo Coutinho analisa a bateria da Porto da Pedra no desfile

Por Rodrigo Coutinho

porto-da-pedra_desfile_2018_02A bateria Ritmo Feroz, pelo segundo ano consecutivo comandada pelo mestre Pablo, fez um desfile muito superior ao do ano passado. Muito bom o rendimento da ala, com poucas ressalvas a fazer.

Andamento mais à frente, como gosta mestre Pablo. Largada a 150 BPM e término com 148 BPM. Afinação correta e mantida ao longo do desfile. Mesmo com armação diferente do convencional, como já havia utilizado no ano passado, com chocalhos e tamborins no “peso” da bateria, os dois naipes renderam muito bem. Pablo conseguiu uma equalização de seus instrumentos bem próxima da perfeição.

Caixas e repiques produzindo uma ótima base. Surdos de terceira não funcionando na função de condução rítmica em vários momentos. O fato ocorreu em virtude do desenho adotado, bem fora do contexto melódico do samba.

Bossas bem executadas e planejadas para oferecer tecnicamente a bateria, além de interação com o público. Ótima apresentação!

Um comentário em “Rodrigo Coutinho analisa a bateria da Porto da Pedra no desfile

Os comentários estão desativados.