Safra de sambas para o enredo sobre Zezé di Camargo e Luciano empolga direção da Imperatriz

Com uma concorrida disputa de samba, a Imperatriz levará três obras para a sua final, no dia 19 de outubro, que, segundo o diretor de carnaval, Wagner Araújo, terá a presença da dupla homenageada, Zezé di Camargo e Luciano. O diretor destacou a qualidade das composições inscritas, como já é tradição na agremiação: – O segredo é ter uma boa ala de compositores e um carnavalesco que busca dar todas as condições aos compositores para eles fazerem boas obras. Nós temos uns seis sambas que podem muito bem representar a Imperatriz na Avenida. As apresentações das parcerias têm sido muito boas.

* OUÇA OS SAMBAS QUE SEGUEM NA DISPUTA DA IMPERATRIZ

Wagner adiantou que a Imperatriz irá realizar uma festa de apresentação dos protótipos, de data ainda indefinida, no final de outubro. O diretor afirmou que o trabalho no barracão está caminhando bem: – Estamos agora começando a trabalhar na parte de ferragem das alegorias e já estamos reproduzindo os protótipos das fantasias.

Quando anunciado o enredo da Imperatriz para o próximo carnaval, surgiu um certo estranhamento no mundo do samba, que despertou críticas até mesmo dos próprios torcedores da escola. No entanto, após o lançamento da sinopse e a entrega de sambas, o público carnavalesco começou a mudar de opinião a respeito do tema. Para Wagner, essa rejeição era esperada, mas está se desfazendo com o bom trabalho feito pela escola: – O que há não é nem um preconceito, mas sim uma rejeição por estarmos falando de música sertaneja em uma cidade praiana e que é capital do samba, o Rio de Janeiro. Mas acho que com a safra de sambas essa rejeição já diminuiu, e com a festa de apresentação dos protótipos ela vai acabar com certeza.

Convite para Marquinhos Art´Samba e indecisão sobre Nêgo

Após a saída de Marquinho Art’Samba da Unidos de Padre Miguel, surgiram informações da contratação do intérprete pela Imperatriz. Questionado sobre a situação, o diretor de carnaval da verde e branca, Wagner Araújo, afirmou ainda não estar certa a ida de Marquinhos para a escola. – O que eu posso dizer agora é que a gente convidou o Marquinho Art’Samba, que era da Unidos de Padre Miguel, mas ainda não temos nada definido – disse. O diretor não confirmou a permanência de Nêgo na escola: – Isso é uma decisão do presidente.