Salgueiro chora morte de compositor Bala, o maior vencedor da agremiação

Faleceu neste domingo, 18, João Nicolau Carneiro Firmo, o compositor Bala, o maior campeão de sambas-enredo da história do Acadêmicos do Salgueiro. O poeta possui 11 sambas-enredo vencidos na academia do Samba. Dentre eles estão alguns que marcaram os desfiles salgueirenses, como "Bahia de Todos os Deuses", em 1969 e "Peguei um Ita no Norte", em 1993.

A presidente do Salgueiro, Regina Celi Fernandes, informou por meio de seu Facebook que o enterro de Bala acontece nesta segunda, 19, no cemitério do Murundu, em Padre Miguel. Regina externou a tristeza da comunidade salgueirense. – O domingo amanheceu sem cor. Nossa Academa do Samba perdeu um de seus mais ilustres e queridos compositores. João Nicolau Carneiro Firmo, o maior vencedor de sambas enredo da história da agremiação (11 sambas). Descanse em paz, poeta! Obrigada por tudo – postou.

Outro que prestou sua última homenagem a Bala foi o compositor Dudu Botelho. – E o maior de todos, o mais vencedor de todos nós, nos deixou na manhã de hoje. Que sua passagem seja de luz, a mesma que nos iluminou por mais carnavais que qualquer outro poeta da Academia. Foi embora reencontrar seus contemporâneos e parceiros, o compositor que mais embalou com seus sambas-enredos, os carnavais do Salgueiro. Bala, toda minha reverência e admiração. Um de nossos gigantes foi descansar – disse Dudu.