Salgueiro se consagra campeão da Taça Campeões do Samba do site CARNAVALESCO

final_campeoes_13022017-52

Por Daniela Safadi e Guilherme Ayupp

final_campeoes_13022017-44Notícia maravilhosa para a nação salgueirense faltando poucos dias para o Carnaval 2017. O Salgueiro sagrou-se o grande campeão da Taça Campeões do Samba, promovida pelo site CARNAVALESCO, em parceria com a Boutique e Bar Sempre Vila. A disputa foi acirrada e a vermelha e branca da Tijuca derrotou na grande decisão a Imperatriz Leopoldinense e a União da Ilha do Governador. A Academia somou 6 pontos, enquanto a Ilha terminou com 5 e a Imperatriz com 3 pontos.

Com um time de feras montado pelo departamento cultural salgueirense a escola sofreu para chegar até a grande decisão, uma vez que necessitou passar pela repescagem na fase anterior. Os diretores culturais salgueirenses, João Gustavo Melo e Eduardo Pinto, dedicaram a vitória a Djalma Sabiá, único fundador vivo da Academia do Samba.

final_campeoes_13022017-48O coração está a mil, a gente passou uma semana tensa, mas não deixamos externar, até porque já passamos em quatro finais quando estava na gestão da Tupi e perdemos. Mas é sempre uma honra, uma alegria participar de uma brincadeira como essa junto com outros departamentos culturais, mas é claro que ganhar é bom demais. A gente dedica esse prêmio ao Djalma Sabiá. Se o Salgueiro é uma escola que se preocupa com sua história é por causa dele. Ele é nosso espelho – definiu o Gustavo Melo.

Imperatriz escorrega e Salgueiro e Ilha disputam o caneco ponto a ponto

Na primeira etapa as escolas precisaram responder questões sobre a própria história. Foram cinco perguntas para cada agremiação. Salgueiro, Ilha e Imperatriz concluíram esta etapa em um triplo empate. Ambas acertaram três cada e somaram três pontos. A fase seguinte foi a das perguntas gerais, que valiam 2 pontos para cada acerto. Todas as agremiações erraram a única pergunta feita.

final_campeoes_13022017-37Ficou para o samba-enredo a possibilidade de desempate. O Salgueiro cantou corretamente o hino do carnaval de 1982 e a União da Ilha também não errou a letra da composição de 1985. Entretanto, a Imperatriz deu adeus à disputa ao errar o samba de 1973. O duelo final ficou entre o Salgueiro e a Ilha em uma nova rodada de perguntas gerais. Quem acertasse deveria torcer pelo erro da adversária para se sagrar campeã. Na primeira rodada ambas erraram, mas na etapa seguinte o Salgueiro acertou o questionamento sobre o último ano de transmissão da TV Manchete (1998) e a Ilha não sobe apontar corretamente quem havia vencido o Estandarte de Ouro de comissão de frente em 1985 (São Clemente). Nessa etapa as perguntas foram por sorteio.

final_campeoes_13022017-24

final_campeoes_13022017-29Mesmo derrotada a União da Ilha revelou o jovem Lucas Belanza, que com apenas 24 anos de idade, mostrou que o conhecimento sobre a história de uma escola de samba está longe de ser restrito a quem tem uma longa vivência na agremiação.

– Acho que a gente já fez história representando a União da Ilha nessa competição. É a primeira vez que acontece com a organização do site CARNAVALESCO, mas toda vez que tem esse tipo de concurso a Ilha não consegue avançar e desta vez chegou na final. É uma honra. Foi um grande prazer a gente ter atingido o segundo lugar. Perdermos por pouco e por um pinto (risos). Meu primeiro desfile foi em 2013. A única forma de aprender não apenas sobre escola de samba mas de qualquer coisa que você não viveu é através de muita leitura. Minha família não é ligada ao samba, eu cheguei na escola por intermédio de uma vizinha. A gente tem a página no Facebook ‘Eu sou União da Ilha mas quem não é’. Nossa proposta é levar um pouco da história da escola. Propusemos para a ala de compositores uma homenagem aos 40 anos do desfile ‘Domingo’, que marcou a nossa história – comentou Lucas Corrêa, integrante da equipe insulana que fez alusão a pergunta que o grupo errou sobre o nome completo de mestre Ciça; Moacyr da Silva Pinto.