Samba concorrente I Tijuca: Cathola, Expedito, Tadeu do Cavaco

Intérprete: Waguinho do Cavaco

ORUNMILÁ, MEU DEUS SUPREMO ME DEU O DOM DA CRIAÇÃO
SOU IYÁMI, A GRANDE MÃE ANCESTRAL
SENHORA DOS PÁSSAROS, MATIZEI CORES E VIDAS ELEEYÉ;
EMOLDUREI EXUBERANTES PAISAGENS
DA ÁFRICA FIZ MORADAS DE GUEREIROS E BERÇOS DE CIVILIZAÇÕES
NESTA TERRA ME TORNEI GELEDE, NEGA FEITICEIRA
DANCEI PARA A VIDA E PARA A BELA NATUREZA
DESPERTEI PAIXÕES AFRONTANDO COSTUMES E TRADIÇÕES
DE UMA ERA MILENAR
A MINHA OUSADIA FOI UM DOCE PERFUME PARA O GRANDE REI ENCANTAR
SOU MULHER FORTE E GUERREIRA, GUERREIRA
QUE NÃO SE DEIXA ESCRAVIZAR
NO NOVO MUNDO EU VI UM SOFRIMENTO E DOR
E UM GRITO DE LIBERDADE ECOOU

ME TORNEI QUILOMBOLA
MEU SANGUE DE GUEREIRA ME FEZ RAINHA
SOU CORAJOSA… SANTA E BELA COMO UMA ROSA

ETERNIZEI O CLAMOR AOS MEUS DEUSES ENCANTADO
E NO RUFAR DOS TAMBORES OS ORIXÁS FORAM LOUVADOS
A MINHA BELEZA ÉS FONTE DE EXPIRAÇÃO PARA OS ARTISTAS NAS SUAS CRIAÇÕES
SOU ESTRELA MUSA NEGRA RAÍZES AFRO-BRASILEIRAS
ESTOU NO ESPORTE NA DANÇA SOU ORGULHO NA LITERATURA
TENHO DOM DE CANTAR E ENCANTAR
SOU VITORIOSA ROMPI BAREIRAS COM O IMPÉRIO DA TIJUCA

SOU O SÍMBOLO DE FÉ, FORMIGA E UMA NAÇÃO
MÃE PADROEIRA, IMPÉRIO DE CORAÇÃO
EXEMPLO TIJUCANA DE MULHER
LINDA PÉROLA NEGRA TRAZENDO O SAMBA NO PÉ