Samba concorrente Império da Tijuca: Carlos Hiran, Lão Goes e Wagner Goes

AGÔ ILÊ, AGO ILÊ
Ó! GRANDE MÃE DA CRIAÇÃO E DA FÉ
O FESTIVAL GUELEDÉ VAI COMEÇAR

ANTES QUE A CHUVA CHEGUE E A NOITE ACABE
MULHERES MASCARADAS CULTUAM ANCESTRAIS
NO SEGREDO DOS PÁSSAROS DAS MÃES ELEÉYES
O PODER DA GERAÇÃO DAS YORUBÁS

RAINHAS, GUERREIRAS, ESCRAVAS
DE ESCRAVAS GUERREIRAS, ESTRELAS
DE FOLHA EM FOLHA DA MESMA RAIZ
MULHER NAGÔ

Ó! NEGRA MARIA
ME COBRE DE GRAÇA
TAMBÉM SOU FILHO DO SANTO
E DO SANGUE DESSA RAÇA

É AFRO-BRASILEIRA ESSA HISTÓRIA
VEM DA FORMIGA TODA CONFIRMAÇÃO
NAS BAIANAS, PASSISTAS E PORTA-BANDEIRAS
RAINHA E AS RITMISTAS DA NOSSA CANÇÃO

NO CARNAVAL DA IMPÉRIO DA TIJUCA
TEM MASCARADO DISFARÇADO DE MULHER
TUDO COMEÇA NO TOQUE DE UMA CABEÇA
E A MINHA MÃE ME ESCUTA AO SOM DO XEQUERÉ