Samba concorrente Império da Tijuca: Eliza Lima, Dica, Gibson e Wander Show

OH! MÃE ÁFRICA, BERÇO DOS DEUSES
SUA BELEZA, EU EXPRESSO EM MINHA COR
ESSA MISTURA QUE O TEMPO ACENTUOU
RIQUEZAS, SENTIMENTOS E MUITA FÉ
A IMPÉRIO DA TIJUCA A TE EXALTAR, AXÉ
NEGRA, PÉROLA MULHER

ORUNMILÁ SUPREMO DEUS
DEU LUZ ONDE HAVIA ESCURIDÃO
DEIXOU LEGADO O DOM DA CRIAÇÃO
PARA IYAMI MÃE ANCESTRAL
ILEYÊ DÊ ASAS A MINHA IMAGINAÇÃO
GÉLÉDE FAZ FESTA NO CENÁRIO DO MEU CARNAVAL

BENDITA TU ÉS, GUERREIRA, NEGRA FEITICEIRA
VITORIOSA, SIMBOLIZANDO A NAÇÃO
SEM BARREIRA, SEM FRONTEIRA, LINDA MULHER BRASILEIRA
AUDACIOSA FONTE DE INSPIRAÇÃO

SUA REAL POSTURA NA DANÇA E NA LITERATURA
QUEM CANTA E ENCANTA, SABE BEM REPRESENTAR E ATUAR
POR SEUS DIREITOS, LUTA CONTRA O PRECONCEITO
E NA SOCIEDADE A LIBERDADE A CONQUISTAR
ESTRELA MAJESTOSA, DOCE PERFUME DA ROSA
MÃE PADROEIRA VENHA NOS ABENÇOAR

SOLTA O GRITO FORMIGA, QUE A HORA É ESSA
NOSSA IMPÉRIO DA TIJUCA, NINGUÉM VAI CALAR
O SAMBA CORRE NAS VEIAS BATERIA INCENDEIA, É MUITA EMOÇÃO
DÁ SHOW NA SAPUCAÍ, QUE O POVO VAI TE APLAUDIR
COM O GRITO DE CAMPEÃ