Samba concorrente Império da Tijuca: Fred Lima, Roberto Dias e Rogerinho do Salgueiro

UM SER DE LUZ, HISTÓRIA DE EMOÇÃO
NEGRA MULHER… FASCINAÇÃO
IÝAMI, O VENTRE DA VIDA, MÃE ANCESTRAL EM LOUVAÇÃO
LEGADO DE ORUNMILÁ, FAUNA E FLORA A DESPETAR
ÁFRICA, BERÇO DA HUMANIDADE, CORES E FORMAS NUM MESMO LUGAR
EM RITUAL GÉLÉDÉ, FERTILIDADE, FEITIÇO E FÉ
LÍDER INDOMADA, SEM TEMOR A NADA
''ESCRAVA SANTA'' FOI RESISTÊNCIA, PALMARES NOBRE EXISTÊNCIA
MANDONA E OUSADA, COM SUA CORTE CRIADA
DIVINA VISÃO, LIVRE EXPRESSÃO, LIBERDADE À SAUDAÇÃO

EPARREI OIÁ É VENTANIA
ODOYÁ SEREIA RAINHA
RI RÔ, OBA XIRÊ, SALUBA NANÃ
ORA AIÊ EU OXUM, DOCE MAGIA

ATRAVESSOU FRONTEIRAS EM MEIO Á DOR E SOFRIMENTO
DEIXOU PARA SEMPRE A MÃE TERRA
DESTINO QUE O HOMEM BRANCO ASSIM TRAÇOU
PORÉM, FORTE E GUERREIRA, FEZ SEU CAMINHO E SE LANÇOU
LITERATURA, ESPORTE, CANTO E DANÇA
MUSA, MULHER INSPIRAÇÃO
ESTRELA CONSAGRADA EM VÁRIAS ARTES
SEU BRILHO AO BRASIL ENCANTOU
E À PADROEIRA DA NOSSA NAÇÃO
ROGAMOS BENÇÃO E PROTEÇÃO

IMPÉRIO É RAÇA… É NEGRITUDE
FORMIGA É MASSA… DE ATITUDE
PÉROLAS NEGRAS… SINTO PERFUME
SÃO LINDAS FLORES A EXALAR TOTAL VIRTUDE