São Clemente: gargalhadas e brincadeiras na gravação do samba para o CD do Grupo Especial

A São Clemente gravou sua faixa para o CD do Grupo Especial com a alegria e irreverência do seu enredo, “Mais de mil palhaços no salão”, de autoria da carnavalesca Rosa Magalhães. O samba não sofreu alterações na letra, apenas mudanças melódicas que visaram facilitar o canto da comunidade clementiana. A escola de Botafogo levou um bom contingente para a gravação, com passistas, baianas, casais de mestre-sala e porta-bandeira e rainha de bateria, Raphaela Gomes. Uma bandeira da agremiação e balões nas cores preta e amarela também foram levados para gravação do DVD.

* OUÇA AQUI: COMPONENTES CANTAM O SAMBA DA SÃO CLEMENTE PARA 2016

Leozinho Nunes fez sua primeira gravação como cantor principal

O intérprete da preta e amarela, Leozinho Nunes, realizou sua primeira gravação para uma faixa do Grupo Especial como cantor principal e, apesar do nervosismo, fez uma bem-sucedida interpretação, gravando o samba em lá maior. – Eu estava ansioso. Era só a gravação da guia, mas também era muito importante. Eu estou muito feliz de estar interpretando esse samba muito bonito. Queria, inclusive, agradecer aos compositores. Fizemos algumas mudanças de tom para a comunidade ficar mais à vontade, para cantar e sambar. Subimos algumas notas para o tom ficar mais confortável, o samba ficar mais leve.

* VEJA AQUI FOTOS DA GRAVAÇÃO DO SAMBA

Bateria prioriza gravação com poucas bossas

O andamento utilizado pela bateria foi de 145 BPM (batidas por minuto). Caliquinho afirmou que ele e mestre Gil procuraram fazer uma gravação com poucas bossas, para dar mais destaque ao samba e tornar a faixa “o mais limpa possível”.  –Tivemos pouco tempo para ensaiar, pois a final foi muita equilibrada, não sabíamos qual samba iria ganhar. Felizmente, deu tudo certo na gravação. Fizemos uma bossa na introdução e depois inventamos uma convenção no final, que fizemos de improviso aqui mesmo. A Fiel Bateria sabe improvisar muito bem – afirmou Caliquinho. Mestre Gil endossou a fala do colega de trabalho: – A gravação é para o CD, então tem que ter pouca bossa. O pessoal quer é ouvir o samba. Mais pra frente, nos ensaios, vamos mostrando o que a gente está preparando.

O diretor de harmonia da escola, Marquinhos São Clemente, enalteceu o comprometimento dos componentes que compareceram à gravação e pontuou que este é mais um passo na grande preparação da preta e amarela de Botafogo para o Carnaval de 2016. – A São Clemente, depois do oitavo lugar do ano passado, agora quer mais. Queremos desfilar no sábado das campeãs. Além dos nossos quesitos e da genial Rosa Magalhães, temos um grande samba. O samba é 70% de um desfile. Nós temos um hino que, além de contar muito bem o enredo, cumpre com excelência as necessidades de letra e melodia. É um samba alegre, com a cara da escola. Por isso a gravação foi um show.

Componentes deram "gargalhadas" na gravação

Um momento divertido da gravação foi que, ao final da faixa, os componentes davam gargalhadas, em referência à figura central do enredo, o palhaço. O diretor musical do CD, Laíla, deixou os clementianos livres para rirem como quisessem. Após a gravação do coro, o presidente da preta e amarela, Renato Almeida, fez um discurso enaltecendo a comunidade e reafirmando o compromisso em realizar um grande carnaval em 2016. Renato contou que todas as fantasias já estarão prontas em dezembro e pediu uma maior participação dos torcedores da escola nos ensaios de quadra, às terças-feiras. Durante a gravação do DVD, os componentes puderam esbanjar seus sorrisos, típicos da irreverência clementiana, enquanto a rainha Raphaela Gomes, a ala de passistas e o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, Fabrício e Denadir, dançavam no palco.