Unidos da Vila Kennedy usa o Arco-Íris para tentar chegar ao título do Grupo C

O G.R.E.S. Unidos da Vila Kenney se apresentará na Intendente Magalhães falando sobre os mistérios e lendas do Arco-Íris. A Princesinha da Zona Oeste, que nasceu como bloco carnavalesco e disputa o carnaval carioca como escola de samba desde 1989, tenta o acesso ao grupo B depois de um simples décimo lugar conquistado com o seu desfile em 2011.

O presidente da escola, Manoel Ferreira, contou ao CARNAVALESCO como o enredo será desenvolvido no desfile. "Vamos apresentar grandes histórias relacionadas ao arco-íris no mundo inteiro. Nosso ponto de partida será no relato bíblico do surgimento do arco-íris, na época do grande dilúvio e da Arca de Noé. A partir daí, passamos por diferentes etapas, como na história grega e na espírita, além dos contos relacionados a este fenômeno, como o dos duendes que guardam um pote de ouro no fim do arco-íris", conta.

Manoel Ferreira conta que o lado simbólico do tema do enredo também será retratado. "Vamos lembrar de quando os camponeses alemães defenderam o mivimento de liberdade e usaram o arco-íris como símbolo, além de também mostrarmos que ele está presente no Brasil, na bandeira que representa a luta contra a homofobia", explicou o presidente da escola de Bangu, que contará com 850 componentes, além de dois carros alegóricos e 3 tripés.  As fantasias e alegorias da Unidos da Vila Kennedy estão 80% prontas, faltando apenas os acabamentos.

Apesar de lamentar que somente uma agremiação sobe para o Grupo B, Manoel se disse confiante em conquistar o título e, consequentemente, o acesso. "Temos capacidade de alcançar este objetivo. A disputa é muito acirrada, mas acreditamos no nosso potencial", concluiu.

Com o enredo "A Villa Kennedy conta e canta os mistérios e lendas do arco-íris", o G.R.E.S. Unidos da Vila Kenney será a quinta escola a desfilar na Passarela Popular do Samba no domingo de carnaval, dia 19 de fevereiro.

Conheça a letra do samba-enredo

Autores: Ricardo Rocha, Chocolate, Nelsinho, Anderson Cabral, Altemar, Gustavo Rocha e J. Mendes

Intérprete: Sérgio Pinho (Pinheirão)

Raiou um novo dia, a tempestade foi embora
Surgiu em sete cores uma colorida passarela
As portas da arca se abriram
Noé, tu és a nova era
Um arco-iris seduz, a deusa Íris encanta a terra
O casamento da chuva com raios do sol
Faça chover neste lugar oxumaré vem nos banhar
Com gotas de fraternidade.

O arco-íris conduz o coração à liberdade
Buscando o amor e igualdade
Com destino a felicidade

E assim um arco-íris reluziu
Duendes e elfos se aventuram
Num conto de fadas viajei
Surgiram movimentos sociais um grito de paz
E o combate a homofobia
Brilhou espalhando harmonia, fascinação
A íris do olhar me faz enxergar a gloriosa configuração
Um milagre tão sublime em nosso carnaval

Senhor, mandai um sinal de proteção
Uma aliança de união num facho de luz
Resplandece no céu um elo de amor
E a vila kennedy chegou

Comente: