Unidos de Padre Miguel faz grande ensaio e mostra suas credenciais para o desfile de 2018

Por Eduardo Fonseca

upm_ensaio1201-3Um canto forte impulsionado por Pixulé inspirado, bela apresentação da bateria, casal entrosado e a comissão de frente que arrancou aplausos, marcaram o grande ensaio da Unidos de Padre Miguel, no final da noite de sexta-feira, no Ponto Chic, em Padre Miguel. O começo do ensaio foi apoteótico com uma queima de fogos. Era o prenúncio da grande noite que estava por vir. o esquenta foi feito com o samba de 2017 “Ossain, o poder da cura” abrindo o caminho para o samba de 2018.

Comissão de Frente

Com movimentos bem sincronizados e dentro do andamento do samba, a comissão foi um dos pontos altos da noite. No trecho do samba “No abraço da fera encantada/aquela que guarda o fogo no olhar” um dos componentes era arremessado para o alto. Quem acompanhou o ensaio foi ao delírio toda vez que o integrante voava.

upm_ensaio1201-9Mestre-Sala e Porta-Bandeira

Muita elegância e graciosidade do casal Vinicius e Jéssica. Ambos apresentaram uma dança com bastante sincronia nos movimentos. Jéssica trajou um vestido vermelho e Vinicius uma camiseta branca e uma calça vermelha. os dois foram bastante aplaudidos durante o ensaio. Eles contaram que apesar de ser uma responsabilidade grande, eles estão confiantes em conseguir a nota máxima.

– Sabemos da responsabilidade, mas estamos trabalhando para conseguir a nota máxima. Ensaiamos como se estivesse na avenida. O meu desejo é ver a faixa fim de desfile. Certamente vou me emocionar – afirmou a porta-bandeira, que sofreu um acidente no desfile de 2017.

upm_ensaio1201-4Vinicius, que por alguns momentos desfilou sozinho ano passado, ressalta que sempre haverá frio na barriga, mas que a expectativa é de concluir o desfile. – Essa nossa maior missão concluir o desfile e vamos conseguir concluir.

Samba-Enredo

A obra da Unidos, uma das mais elogiadas da safra de 2018, teve um rendimento excelente no ensaio. Capitaneado pelo carro de som comandando por Pixulé e pela bateria de mestre Dinho.

– Você verá como este samba irá render. Se cantar ‘parabéns para você’ a comunidade brincará – festejou Pixulé.

Ainda, segundo o cantor da Unidos de Padre Miguel, não há diferença entre o ensaio realizado na comunidade e o ensaio na Sapucai. – O ensaio que fazemos aqui é exatamente igual ao que fazemos na Avenida.

upm_ensaio1201-10Bateria

A bateria comandada por mestre Dinho foi um dos pontos altos da noite. Ele usou e abusou de bossas e paradinhas durante todo o desfile. Todas elas muito bem encaixadas com a melodia do samba. Chamou atenção o número de mulheres na bateria, sobretudo, nas marcações. O diretor de bateria exaltou o desempenho de seus comandados no ensaio. – Maravilhoso. A bateria desfilou completa. No dia do desfile levaremos 250 ritmistas e usaremos 5 paradinhas – informou Dinho.

Harmonia

upm_ensaio1201-2O canto apresentado no ensaio foi bastante satisfatório. Todas as alas entoaram bem o samba durante todo o desfile. Destaque para a a ala das crianças, que veio logo atrás do primeiro casal de mestre-sala e porta bandeira. Em todas as alas, mesmo as afastadas do carro de som, era possível ouvir o canto da comunidade. O diretor de carnaval Cicero Costa exaltou a comunidade após o desfile.

– A comunidade deu um espetáculo. Este será o nosso diferencial. Vocês puderam observar o canto da comunidade. Levaremos 1700 componentes para o desfile. 100% das fantasias doadas – comemora Cicero.

Evolução

upm_ensaio1201-1O quesito foi o ponto fora da curva no desfile. Por dois motivos. O primeiro, a ala posicionada atrás do totem da primeira alegoria, havia alguns componentes sem dançar. Nas duas últimas alas alguns componentes estavam apenas andando. O segundo ponto foi o tempo de desfile usado no ensaio. Lembrando que pelo regulamento da Lierj, o tempo máximo de desfile é de 55 minutos. O ensaio teve a duração de 1h25. Contudo, há tempo para correção visto que a escola deverá fazer pelo menos três ensaios até o dia do desfile oficial.

Outros Destaques

A rainha da bateria Guerreiros da Unidos, Alice Alves mostrou bastante simpatia no ensaio realizado na Vila Vintém. Além de sambar a frente da bateria, ela trouxe nas mãos um leque que ajudou a dar um charme a apresentação. A última ala é coreografada e poderá causar um bom impacto na avenida no dia do desfile.