Vencedores do Estrela do Carnaval, compositores da Portela dizem que 2014 é o renascimento da escola

 

 

Tricampeões de samba-enredo na Portela, uma marca que poucos compositores possuem no currículo, os compositores Luiz Carlos Máximo e Toninho Nascimento tiveram também a honra de serem os únicos em 2014 a receberem quatro notas 10 dos jurados de samba-enredo. Eles também venceram o prêmio Estrela do Carnaval de melhor samba. Para Máximo, o ano de 2014 é um marco do renascimento portelense. – Mostramos que a Portela está de volta, que voltamos a disputar título – afirmou o compositor ao CARNAVALESCO.

No domingo, dia 13 de abril, eles vão ser homenageados durante a premiação do Estrela do Carnaval 2014, que acontece na quadra do Salgueiro, a partir das 13h. Você também pode ir na feijoada do Estrela do Carnaval 2014. Pelo terceiro ano, a festa vai reverenciar sambistas da Série A e do Grupo Especial, além de prestar uma homenagem especial àqueles que mais se destacaram ao longo dos 30 anos de existência do Sambódromo carioca. Para a melhor escola de São Paulo, o site CARNAVALESCO vai premiar a Mocidade Alegre. O prêmio também terá uma categoria especial. Chamada de Bem Vindo ao Estrela do Carnaval, a categoria em 2014 vai homenagear a Unidos de Bangu, que venceu o Grupo B, na Intendente Magalhães, e ano que vem desfilará no Sambódromo. A camisa-convite já está à venda na quadra do Salgueiro e no Centro Cultural Djalma Sabiá, e custa R$ 35 antecipada. Vale lembrar que não há reserva e tampouco cobrança de mesa na quadra. A ocupação é por ordem de chegada ao evento.

Toninho Nascimento tem inúmeras gravações com gigantes do samba, como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho,  Roberto Ribeiro e Clara Nunes. E é um ferrenho defensor da tradição do samba-enredo no carnaval. – O próprio nome já diz. É escola de samba. Eu acredito que o julgamento deste ano já foi muito bom. Sambas fracos foram penalizados com rigor e os que mereceram a nota máxima ganharam – disse o músico.

A parceria portelense desde 2012 vem trazendo mudanças na construção dos sambas-enredo, fugindo daquela característica tida como receita de bolo para construção de uma obra. Para Toninho Nascimento é possível estar adequado ao enredo e possuir qualidade musical em um samba. – A gente constrói o samba todo em cima da sinopse. Mas buscar uma riqueza melódica e uma construção poética é algo fundamental – declarou ao CARNAVALESCO.

Comente: