Vila Isabel resgata o passado com novo espaço na quadra

 

 

O impacto de quem chega na quadra da Vila Isabel é inevitável. Acima do letreiro com o nome da escola, uma imponente escultura de Noel Rosa, que apesar de ter falecido muito antes da fundação da escola, tem tudo a ver com o bairro e a azul e branca. Se a Vila é de Noel, nada mais apropriado que um Noel anfitrião na quadra da agremiação. A atitude faz parte de medidas da nova diretoria que visam resgatar os antigos componentes da escola.

As intervenções na quadra, entretanto, não se limitam à figura de Noel. O diretor de barracão da Vila, Flávio Mello, explicou ao CARNAVALESCO como se deu a ideia de valorização do mais importante nome da história do bairro. – A escultura estava jogada no barracão. Uma tristeza. Enaltecer Noel é valorizar a história do povo de Vila Isabel. Nada mais justo que tê-lo no ponto mais nobre de nossa quadra, explicou.

Mas a grande novidade na quadra é sem dúvida o que está sendo chamado de Espaço Vila da Boemia, onde baluartes antigos tiveram seus rostos eternizados nas paredes dos fundos da quadra, uma área até então ociosa e sem utilidade. – A Dona Beta pediu que fosse feito algo para resgatar as pessoas que fizeram a história da escola. Foi um belo trabalho do Cássio Mendes, artista plástico do nosso barracão, disse Flávio Mello. No espaço foram homenageados Seu China, Martinho da Vila, Noel Rosa, Paulo Brazão e Mug, o eterno mestre de bateria. Ele falou rapidamente com o CARNAVALESCO sobre a homenagem. – Eu não sabia disso. Estou muito emocionado, acho que é a mais bela homenagem que eu já recebi na minha vida, disse Mug.

– Clique aqui para ver fotos da quadra

Elizabeth Aquino, a Dona Beta, presidente da Vila Isabel e idealizadora do espaço disse que as homenagens a tantos nomes importantes da escola são importantes no resgate que ela quer imprimir dentro da azul e branco. – Tentamos resgatar um pouco da história da Vila Isabel nesse espaço. Acho que ficou bem bacana e também muito aconchegante. Quem gosta de samba e da Vila Isabel vai se sentir muito feliz quando ver, disse Dona Beta.

Mas as mudanças na quadra da Vila não se limitam ao resgate de antigos componentes. Foi criado, em cima do palco, uma espécie de altar com a imagem de Nossa Senhora Aparecida. Além disso, um imporovisado palanque para a bateria e para a rainha de bateria Sabrina Sato. – Nós temos a ideia de fazer naquele camarote central um espaço definitivo para nossa bateria, disse Flávio Mello.

E as novidades não devem ficar apenas por aí. Inspirada no vizinho Salgueiro, a Vila Isabel quer transformar sua quadra de ensaios em um point da regição. Com uma localização privilegiada no coração de um dos bairros mais boêmios da Zona Norte do Rio, a intenção é fazer da quadra da Vila Isabel um espaço que gere renda para a escola o ano todo. – Vamos transformar nossa quadra numa autêntica casa de shows e ajudar ainda mais a impulsionar nossas receitas, disse um empolgado Flávio Mello.

Comente: