Viradouro apresenta seu casal de mestre-sala e porta-bandeira

Marcinho e Alessandra Chagas formam o novo casal da Viradouro. Eles vão ser apresentados na escola na próxima feijoada, que acontece no dia 7 de maio, na quadra.

Marcinho, que até o desfile deste ano estava na Estácio, tem no DNA a inspiração. Ele é neto do lendário Bicho Novo, um dos primeiros a se destacar no bailado do mestre-sala. Já Alessandra, volta ao ponto de partida. Aos dez anos, estreou como passista mirim da Viradouro, e no ano seguinte, no Carnaval de 2000, desfilou como porta-bandeira mirim no enredo "Brasil: visões de paraísos e infernos". Depois passou por Dendê, São Clemente, Porto da Pedra e Rocinha.

Alessandra Chagas revela muito entusiasmo: – Defender o Pavilhão da Unidos da Viradouro é uma grande felicidade. Me sinto em casa, já que foi a primeira escola de samba que conheci, frequentei, desfilei, e comecei como porta-bandeira. Minha Mãe sempre desfilou na escola e meu pai foi da harmonia. Moro em Niterói desde que nasci e conheço praticamente todos na Unidos da Viradouro. Escuto os fogos dos ensaios de rua aqui de casa. Eu e o Marcinho vamos começar a ensaiar essa semana e ensaiaremos exaustivamente para defender com muito raça e responsabilidade o pavilhão da Viradouro.

Marcinho disse estar "muito feliz e confiante".  – A comunidade pode ter certeza, que vou me empenhar muito ao lado da Alessandra, tenho fé e acredito que juntos vamos conseguir ótimas notas. A escola tem que voltar ao seu devido lugar, que é no grupo Especial – afirma Marcinho.