Volta da ‘Noite do Amendoim’ lota quadra do Império da Tijuca

A noite deste domingo, 16, vai ficar na memória dos torcedores e apaixonados pelo primeiro Império do Samba. Resgatando a tradicional "Noite do Amendoim" – iniciada na agremiação por volta da década de 70 – o presidente do Império da Tijuca, Antônio Marcos Teles, o Tê, reuniu Velha-Guarda, baianas, passistas e todos os segmentos oficiais da escola, além de torcedores, comunidade e profissionais das co-irmãs para voltar no tempo e recordar uma época especial para a verde e branca do Morro da Formiga.

Também estiveram presentes na ocasião cantando ao lado do nosso intérprete oficial, Rogerinho, a voz da Unidos da Tijuca – Tinga, Anderson Paz – da Porto da Pedra, Hugo Júnior – representando a Cubango e Carlinhos – da co-irmã Em Cima da Hora.

Sob o comando do Mestre Capoeira, os ritmistas da Sinfonia Imperial e a rainha, Laynara Teles, fecharam a noite com chave de ouro se apresentando embalados pelo samba oficial 2016 " O Tempo Ruge, a Sapucaí é grande e o Império aplaude o Felomenal" – que dará o tom do desfile da verde e branca homenageando o saudoso artista brasileiro, José Wilker, no próximo Carnaval.