O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, autorizou a publicação no Diário Oficial da União de uma portaria excluindo personalidades fundamentais na história negra no país.

Martinho da Vila, Elza Soares e outros não constam mais como personalidades negras notáveis. A partir do dia 1 de dezembro, a Fundação homenageará apenas pessoas que já morreram. Além disso, a Fundação vai aprovar os nomes homenageados e excluídos.

“A nova lista de personalidades negras será homenagem PÓSTUMA a quem deu contribuição histórica em sua área de atuação. Serão adicionados, entre outros, Mussum, Wilson Simonal, Luiz Melodia e João do Pulo. O Brasil finalmente poderá ter orgulho da galeria da Fundação Palmares”, disse Sérgio Camargo, em uma publicação nas redes sociais.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui