A Águia de Ouro, através de sua assessoria de imprensa, se posicionou sobre a presença de um componente fantasiado de Hitler, com a faixa presidencial brasileira, e a suástica do partido Nazista, em seu ensaio técnico na noite deste sábado, no Anhembi.

A agremiação deixa claro que foi uma “atitude isolada de um componente que se aproveitou para se promover pessoalmente. A diretoria foi pega de surpresa, e já tomou as medidas necessárias para que não aconteça mais”.

Leia abaixo a nota completa da Águia de Ouro

A Escola de samba Águia de Ouro, por meio de sua assessoria de imprensa, vem a este canal, se desculpar publicamente, sobre esta atitude isolada de um componente que se aproveitou para se promover pessoalmente. A diretoria foi pega de surpresa, e já tomou as medidas necessárias para que não aconteça mais.

Estamos a disposição para novos esclarecimentos. Algumas matérias estão sendo vinculadas com um título negativo para a escola, dizendo que estamos fazendo alusão ao novo presidente. Com relação a matérias do personagem do ensaio técnico “Hitler”, esclarecemos que em momento algum se refere ao Bolsonaro, pois não seríamos levianos, em incluir alguém que acaba de assumir o cargo.  O nosso enredo marca a história de 1500 a 2018, até pque quando construímos o projeto ainda não sabíamos quem seria o presidente eleito, isso se deu em meados de 2018. Essa alusão tem foco direto ao governo ditador se Getúlio Vargas que fez do Brasil uma ditadura, os Paulistas que o digam! MMDC, Revolução de 32!

A Águia de Ouro, clama por paz e justiça!

Atenciosamente, Comissão de Carnaval

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui