O Editor do site CARNAVALESCO, jornalista Alberto João, gravou um vídeo para falar da questão que está gerando forte debate entre os sambistas. Vai ter Carnaval em 2021?

“Vamos parar de demonizar as escolas de samba e o carnaval. Ninguém é irresponsável de pensar em ter desfile com pessoas lotando UTIs e morrendo nos hospitais”, disse o jornalista Alberto João, que completa.

Veja abaixo o vídeo completo:

“O carnaval, com as escolas de samba, desde o início está ajudando muito a mitigar os efeitos da pandemia na vida das pessoas e nos hospitais. Seja com alimentos e materiais de higiene ou produzindo máscaras e aventais. Faltam oito meses para o carnaval e pelo menos cinco meses até novembro quando teremos um panorama de como está a Covid-19 por aqui. É óbvio que se estivermos como hoje não existe jeito nenhum de ter carnaval em fevereiro, mas caso tenha algum remédio ou vacina surgindo é possível pensar em levar para o feriado de junho, Corpus Christi, e aí ter tempo de ensaiar (a partir de abril) e produzir o desfile a partir de março. Deixo reflexão para vocês. Quem por aí está preocupado com os trabalhadores dos barracões, o zelador da quadra, o mestre-sala, a porta-bandeira, o mestre de bateria e o cantor? Todos estão sem renda e caso não tenha nada nas escolas de samba como vão botar o pão em casa?”.

Comentários