O carnaval de 2022 não será com os últimos que passaram na Estrada Intendente Magalhães, Campinho, Zona Norte do Rio de Janeiro. Em entrevista exclusiva para o site CARNAVALESCO, o presidente da Superliga (antiga Liesb), Clayton Ferreira, revelou uma grande novidade para os desfiles do ano que vem: eles foram antecipados e acontecerão uma semana antes da data tradicional, fugindo assim da concorrência dos espetáculos das escolas de samba na Marquês de Sapucaí.

Clayton Ferreira, presidente da Superliga, antiga Liesb. Foto: Thaise Lima/CARNAVALESCO

“Temos três grandes mudanças. A grande mudança é antecipar o carnaval em uma semana. A segunda é que teremos transmissão em TV aberta, através da TV Alerj. A terceira é o aporte de empresas privadas para o carnaval da Intendente, que nunca houve e as escoas sempre foram reféns da verba de subvenção da Prefeitura do Rio, que chegam na reta final dos desfiles. Agora, isso facilita que as escolas comecem a pagar seus fornecedores e trabalhadores antes, dando fôlego, fazendo a economia girar nas agremiações filiadas na Superliga”, disse.

Procurada pelo CARNAVALESCO, a Riotur deu o seu posicionamento sobre a ideia. “A Riotur conhece essa ideia da troca de datas do desfile, mas reafirma que, conforme já divulgado no Caderno de Encargos publicado em Diário Oficial de 19/8/2021, o próximo Carnaval da Intendente acontecerá entre os dias 26 de fevereiro de 2022 e 1º de março de 2022, com o desfile do Grupo de Avaliação acontecendo no dia 5 de março de 2022”, disse a presidente Daniela Maia.

Clayton Ferreira explicou mais sobre a iniciativa de antecipar a data dos desfiles do Acesso na Intendente Magalhães. “A ideia nunca parte só do presidente. Montei um grupo de trabalho para isso. Sempre procurando melhorar a qualidade do desfile foi sugerida a antecipação para que profissionais que trabalham na Marquês de Sapucaí possam estar também na Intendente. Eles já trabalham, mas no dia do desfile não podiam dar atenção no trabalho realizado por eles no pré-carnaval. A intenção é que eles possam estar presentes e fugirmos da concorrência desleal com os desfiles da Sapucaí. Além de fazermos o carnaval da Intendente entrar no roteio oficial do turismo do Rio de Janeiro. A Riotur fará isso. O carnaval da Intendente será conhecido em todo o Rio de Janeiro, no Brasil e no mundo com a divulgação da Riotur”.

O dirigente da Superliga frisou que hoje existe diálogo com a Riotur e disse que aguarda uma definição sobre o valor da verba do poder público para os desfiles. “Ainda não temos nada concreto com a verba da prefeitura. Temos projeto. Estamos recebendo uma atenção ímpar da Riotur. É uma equipe que sempre nos atende bem. Foi nos prometido agilidade, sempre que possível, e tenho certeza que vão assinar de todas ligas. Estão vendo o encaixe de orçamento e as conversas estão muito avançadas. Foi nos prometido o maior carnaval que será realizado no Rio de Janeiro”.

Veja mais trechos do papo com o presidente da Liesb:

Regulamento de 2022

“A essência do regulamento não vai mudar. O que poderão acontecer são ajustes, até pela antecipação do carnaval. Porém, tudo será decidido em plenária com o aval dos presidentes. Vamos começar a gravar os sambas em um estúdio profissional, o mesmo que faz o do Grupo Especial. Os sambas vão estar nas plataformas digitais de áudio”.

Relação com a Livres e volta das escolas para Liesb

“Quando entrei na Liesb já tinha esse racha. Toda reunião que participei para tratar desse assunto na Riotur sempre falei que sou um cara de diálogo. Não abrimos mão da nossa autonomia, porque é um direto nosso, temos um ato jurídico perfeito, fazemos carnaval há muito tempo e temos a maioria das escolas associadas. Receber outras escolas estamos abertos. Não aceitamos divisão de carnaval e intromissão na forma administrativa de tratar os desfiles. Se um dia, como a Riotur já perguntou, claro que aceito a volta de todas escolas. A reclamação que a gente não divulga o caderno de notas, nós fizemos em 2020, a Caprichosos voltou para gente e foi campeã. Houve isonomia nas notas. Será mantido e por isso não abrimos mão da autonomia”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.