Na noite desta quinta-feira, em uma publicação nas redes sociais, o carnavalesco Jorge Silveira se despediu da São Clemente. Confira abaixo o texto do artista.

“Esse carnaval de 2020 vem para coroar esses 3 anos de intenso trabalho na preto e amarela da Zona Sul. E como eu fui feliz por ter essa paleta de cores sobre a égide das minhas canetas. Me sinto honrado e grato pela vida inteira. Aprendi demais com cada amigo nesse trajetória. A forma mais real de uma família: com seus conflitos , dores e amores. Meu muito obrigado à todas as equipes que compuseram a nossa grande equipe de trabalho. Nesses 3 anos resgatamos a verdadeira identidade da escola: orgulhosamente crítica e irreverente. A São Clemente me ensinou a saber ler a alma da escola e desenvolver o carnaval objetivando atender essa alma.

Enfrentamos juntos o período mais cruel da administração de uma prefeitura que foi tomada por forças ideológicas que serão cobradas pela vida e pela história pelo mal que fizeram. Ouvi centenas de vezes que meu trabalho ia derrubar a escola … Pois bem: acho que não.

Pude contribuir no processo de reconstrução da sua identidade. Esse é o meu legado para escola, e minha forma de dizer muito obrigado.

Encerro aqui minha participação como artista dessa nobre casa, mas me sinto parte da história dessa escola, da mesma forma que ela faz lindamente parte da minha.

Não quero me estender muito pois eu sempre mergulho fundo nas emoções quando me dedico a um pavilhão. Quero agradecer por tudo de coração, e desejar com todo meu amor cada vez mais sucesso , alegria e irreverência.

Vou seguir outros caminhos, pois assim é a vida profissional , mas meu coração sempre vai bater mais forte quando a São Clemente passar”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui