Apontada como uma das favoritas ao título do Grupo Especial, a Unidos de Vila Isabel, na apuração, conquistou um amargo quarto lugar, com o desfile que homenageou seu maior ídolo e presidente de honra, Martinho da Vila. Com 269.3 pontos, a seis décimos da campeã Grande Rio, a escola do bairro de Noel garantiu seu lugar no Sábado das Campeãs. Na quadra da escola, o sentimento de euforia pré-apuração, ao caminhar da divulgação das notas, deu lugar a uma certa frustração, com o julgamento dado à escola. Apesar disso, o “Povo do Samba”, como são conhecidos, não deixou a tristeza contagiar e invadiu a 28 de Setembro, em comemoração aos 50 pontos conquistados pela Swingueira de Noel, comandada pelo mestre Macaco Branco.

Em entrevista ao site CARNAVALESCO, após a apuração, alguns componentes da escola falaram sobre as notas conferidas pelo júri à Azul e Branca. Mesmo com a frustração, os
entrevistados reconheceram o mérito e justiça do título da campeã, Grande Rio. É o caso de Marinalda Fernandes, que apesar do sentimento de injustiça, parabeniza e enaltece as coirmãs, sobretudo a campeã Grande Rio e a Viradouro.

“Eu achei o resultado injusto, até porque as duas escolas de samba que tinham a possibilidade de disputar o título em 2022 era a Vila e a Grande Rio porque esse carnaval houve comentários que a escola que iria ganhar o carnaval seria a que desfilasse melhor na avenida, mas agora quem ganha é aquela que erra menos e a Vila não teve erros e a Grande Rio também não. Se a Grande Rio ganhou, o resultado foi justo, parabéns, é o primeiro campeonato e só posso dizer que o carnaval de 2022 foi diferente de todos, até porque houve enredos valorizando o negro, pessoas e temas muito diferente. Também destaco a Viradouro, que fez uma coisa diferente, o pós pandemia. No final, todo mundo é campeão”, comentou Marinalda.

Veterana na Vila Isabel, Eliana Pimentel se mostrou indignada com o resultado do carnaval de 2022. Apesar de reconhecer o belo desfile da Tricolor de Caxias, a carioca classifica o julgamento dos desfiles deste carnaval como “sacanagem”.

“O resultado foi uma boa de uma sacanagem porque, realmente, a Grande Rio fez um belíssimo carnaval, mas a Vila Isabel também. Quem tinha que disputar, quesito a quesito, eram Vila Isabel e Grande Rio e não Viradouro e Beija Flor. Viradouro estava com muitos erros e Beija Flor também. Mas, está aí, é o carnaval carioca. Nós, da Vila Isabel, não perdemos, fomos vitoriosos. Desculpe a minha sinceridade, mas é o que a gente sente. Fomos lá para Sapucaí, cantamos, dançamos, sambamos, demos nossos sangue para, agora ver isso daqui? Isso tem que acabar. Não é que eu queria ganhar, não quero ser campeã todo ano, porém, esse ano, tinham que disputar Grande Rio e Vila Isabel. Foi uma sacanagem com a Vila Isabel, como a gente sempre foi sacaneado a vida inteira, mas tudo bem. A nossa vez vai chegar”, comentou.

Menos tomado pela emoção do resultado, Renan Marques considerou justo o resultado do carnaval de 2022. Com os pés no chão, comemora o retorno da Vila Isabel ao Desfile das Campeãs, do qual ficou fora no último carnaval.

“Eu achei que o resultado foi justo, a Grande Rio fez um carnaval muito bom, desde as alegorias, evolução, os componentes, a história que contou. Em relação a Vila, eu estou muito feliz de ter participado dessa grande festa e ter contribuído com a minha escola de coração. O carnaval é uma caixinha de surpresas. Que a gente continue evoluindo cada vez mais para chegar ao nível de campeã, mas nós já fomos campeões por estar no desfile das campeãs.”, afirmou.

Estreante na Marquês de Sapucaí em 2022, Eliane Brandão também comemorou o retorno da escola de Noel ao Desfile das Campeãs. Emocionada por pisar na avenida homenageando Martinho da Vila, a carioca promete um alegre desfile da escola no próximo sábado.

“O resultado foi espetacular, a Vila batalhou muito e é merecedora de estar nesse lugar. Poderia ser bem melhor, mas o que teve pra hoje foi isso. A Vila arrebentou. Por ser meu primeiro desfile, estou felicíssima. Pisar na Sapucaí é uma sensação inenarrável porque é uma emoção muito grande, um mix de sentimentos, não tem como explicar o que eu senti”, concluiu.

Comentários