Representantes da Liga-SP e da Prefeitura de São Paulo participaram de uma reunião, nesta segunda-feira, e avançaram no protocolo sanitário para a realização dos desfiles no Sambódromo do Anhembi, em fevereiro deste ano. A previsão é que ainda essa semana seja divulgado o protocolo. * OUÇA OS SAMBAS DE 2022

“A Liga gostou de todas as afirmações que a prefeitura passou, e a Vigilância gostou das sugestões da Liga, na Integridade”, o chefe de gabinete da SPTuris e presidente da comissão de Carnaval da Integridade, Gustavo Pires, para a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Foto: Reprodução

Segundo a colunista, o percentual de ocupação do público no Anhembi deve ser de 70% da capacidade, o mesmo estipulado pelo governo estadual para os jogos de futebol. Além disso, a Liga-SP cobrará o passaporte da vacinação, com as duas doses, e o uso de máscara por parte dos desfilantes.

Nos aspectos técnicos de desfile, a Liga-SP deve anunciar o fim do quesito Harmonia e a redução de 2 mil para 1500 componentes, medida que já foi aprovada por todas agremiações.

Comentários