A Unidos de Bangu acertou com o artista plástico Clécio Régis, que será o carnavalesco da escola em 2021. Trabalhando por mais de 30 anos e formando mão de obra para o carnaval, Clécio assinará seu primeiro trabalho na Marquês de Sapucaí, desenvolvendo o enredo da Vermelho e Branco da Zona Oeste no próximo ano.

Apaixonado pelo bairro da Zona Oeste, Clécio Régis criou diversas obras para enfeitar as ruas de Bangu com telas e painéis, além de criar um museu para valorizar e preservar o lugar que escolheu para viver e permanece há quase 40 anos.

“Em minha caminhada, prestei serviços à TV Globo como pintor e cenógrafo, paralelo ao Carnaval, onde participei de seis títulos da Imperatriz na equipe da minha madrinha Rosa Magalhães entre outros trabalhos de destaque. O desafio na história Unidos de Bangu será a realização de um sonho antigo e posso adiantar que o enredo terá uma profunda ligação com o bairro onde moro e trabalho”, destacou Clécio.

Fundada em novembro de 1937, a Unidos de Bangu é o mais antigo pavilhão da Zona Oeste e depois de passar um período de dificuldades conquistou o retorno à Marquês de Sapucaí e vai para seu quarto ano seguido na Série A da Lierj em 2021.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui