Por Victor Amancio

Nesta quarta-feira, depois de um dilúvio na cidade do Rio, a bateria Ritmo Feroz e algumas ala da comunidade, atravessaram a Ponte Costa e Silva para encarar, mesmo que na chuva, um ensaio no Setor 11 da Marquês de Sapucaí.

Mestre Pablo afirmou que daria nota máxima a sua bateria depois desse ensaio, que teve além do show regado a bossas e muito ritmo, a voz de Pitty di Menezes que conseguiu fazer o samba da escola crescer ainda mais.

“Eu gostei bastante do ensaio, mesmo debaixo de chuva, que atrapalha na afinação dos instrumentos mas eu achei de maneira geral muito positivo. Se eu fosse jurado daria dez para bateria, que tocou com vontade, tocou com garra. O ensaio foi perfeito, rumo a nota máxima. Só passar a ‘flanelinha’ para deixar brilhando, a bateria está pronta”, disse Pablo.

O cantor Pitty, estreando solo no comando do carro de som da agremiação de São Gonçalo, cantou muito mesmo debaixo de chuva e contagiou os segmentos presentes.

“O ensaio foi maravilhoso, o andamento da bateria é muito forte, a escola está
cantando muito. Temos um samba forte, um samba que não cai. Temos tudo para irmos bem no dia do desfile e sairmos com o campeonato que é o nosso objetivo principal”, encerrou Pitty.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui