Beija-Flor 2019: samba da parceria de Ruy Barros

438

Compositores: Ruy Barros, Alex de Souza, Marcinho Diaz e Ronaldo de Barros

CANTEI.. .DEI ASAS A IMAGINAÇÃO, (CANTEI)
NAS DOCES NUVENS DE ALGODÃO, RISQUEI
ESTA HISTÓRIA ENCANTADA,
NO DESPONTAR DA PRIMAVERA,
SAMBOU MINHA FLOR
E EU MENINO ENGALANADO, LAVEI A ALMA
NOS JARDINS LUXURIANTES PUDE REPOUSAR
MATEI MINHA SEDE NO GIGANTE RIO MAR
FUI CANDANGO E O CALANGO MEU FALOU
EM NOSSA TERRA NUNCA PERCA A ESPERANÇA
QUANTA SAUDADE, A NATUREZA EM FANTASIA,
VERSO, PROSA E POESIA,
EU VOLTEI A SER CRIANÇA.

E O TAMBOR NO BRILHAR DAS ESTRELAS
ANUNCIA A TRADIÇÃO NAGÔ,
EU SOU A AVE SOBERANA QUE IRRADIA
FESTIVAIS DE ALEGRIA
E OS CONTOS DO GRIÔ.

VIAJEI NAS EMOÇÕES
EMBALEI OS CORAÇÕES
COM AS VOZES QUE INVADIRAM A PASSARELA
TÃO BELA CULTURA É UMA AQUARELA
ATÉ ESQUEÇO DA NOSSAS MAZELAS
MESMO PROIBIDO OLHEI POR NÓS
PELA IGUALDADE E JUSTIÇA ENFRENTO UM LEÃO
OH! MÃE GENTIL EU SEREI SEMPRE A SUA VOZ
NESTA FABULOSA MISSÃO.

SOU BEIJA-FLOR!
E ESTE SAMBA DE AMOR
E A MORAL DA NOSSA HISTÓRIA
NILOPOLITANO EU VOU,
BRINCANDO DE NOVO
CANTANDO AS GLÓRIAS DO MEU POVO

Comentários