A Beija-Flor inicia nesta quinta-feira seus ensaios de rumo ao ano que vem, quando exataltará na Marquês de Sapucaí a intelectualidade negra. O treino começa às 21h e acontece na quadra, em Nilópolis. Com o enredo “Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor”, a Deusa da Passarela escolheu o samba da parceria do compositor J. Velloso (em memória) para representá-la na Avenida.

Foto: Eduardo Hollanda/Divulgação Beija-Flor

Além do canto da comunidade e do ritmo da bateria “Soberana”, dos mestres Rodney e Plínio, o evento na quadra contará com a participação de diversos segmentos, como as alas de baianas e de passistas, e ainda do casal de mestre-sala e porta-bandeira Claudinho e Selminha Sorriso. Por causa da pandemia da Covid-19, a lotação do espaço será restrita a 40% do máximo possível e haverá protocolos sanitários pré-estabelecidos para os presentes, como uso de máscara de proteção facial.

Comentários