Por Matheus Mattos

Ainda com o Sambódromo do Anhembi quente após o ensaio da Mocidade Alegre, a Tom Maior entrou na avenida com bastante expectativa em relação a postura da escola após o último carnaval, no qual ficou em 4° lugar. O primeiro treino foi agradável em relação a parte musical, entrosamento entre o carro de som com a bateria foi um ponto de destaque durante o treino. O que precisa ser observado é o quesito de evolução, alas que se misturavam e alguns buracos durante o andar da escola foram notados. A escola realizou seu ensaio com folga, 62 minutos.

“Foi dentro do esperado. Nós estamos felizes porque o pessoal se empenhou, e o fato deles estarem aqui já é importante para ver onde precisamos fazer os ajustes, e sem dúvida, os ajustes sempre tem e sabemos aonde fazer”, garantiu a presidente Luciana.

Harmonia

O começo do ensaio foi bem emocionante, sentimento que estava presente logo no 1° setor. Alas bem alegres e que cantavam com empolgação o samba, porém a animação caia conforme os outros setores apareciam. Alguns componentes não sabiam a letra e perto do portão de dispersão aconteceu a falta de sincronismo dos componentes com o carro de som.

“A Tom Maior sai bastante feliz com o ensaio que fez principalmente pela tranquilidade. Mantendo isso a gente vai conseguir o nosso objetivo que é ser campeão do carnaval.
Foram duas mil pessoas na avenida, a escola veio praticamente completa, passou sem nenhuma correria, com toda a tranquilidade que a gente espera para o nosso desfile”, disse Judson Sales, diretor de carnaval.

Mestre-Sala e Porta-Bandeira

O primeiro casal oficial, Jairo Silva e Simone Gomes, realizou um ensaio bastante satisfatório. O mestre-sala cortejou a porta-bandeira da foma devida, ato bastante presente no estilo de dança mais clássico. A dupla não esconde simpatia por onde passa, sendo considerada um dos pontos altos da agremiação no ensaio.

Samba-Enredo

Como primeiro teste da obra no local do desfile oficial, o encaixe do samba com o canto da escola foi positivo. Impulsionados pelo intérprete Bruno Ribas, a ala musical da Tom Maior se destacou bastante. Entrosamento dos intérpretes e os arranjos do time de cordas enriqueceram o hino cantado.

“O trabalho está sendo bem feito, a gente está cumprindo bem a cartilha do que precisamos pra alcançar um patamar bom. Esse ensaio foi um desfile fantástico e com certeza estamos no caminho de galgar mais um degrau na escadaria do sucesso”, comentou o cantor.

Bateria

A bateria Tom 30 do Mestre Carlão provou que o nível continua crescendo. A batucada manteve o bom ritmo durante o treino e, em relação as bossas, soltou elas em pontos específicos e que levantou a arquibancada.

“Foi realmente o que nós esperávamos. A escola ela veio compacta, a bateria ainda temos alguns pontos a melhorar. Eu gostei para um primeiro ensaio técnico, fizemos um bom
trabalho hoje”, explicou o mestre.

Evolução

A escola optou pela presença de balões nas mãos dos componente, ato que gerou um efeito visual agradável, principalmente, para os sambistas nas arquibancadas. O andar da escola no começo estava numa constante, mas isso acabou se perdendo durante o treino e fez com que fossem notadas a confusão entre algumas alas e o efeito sanfona.

Comissão de Frente

A comissão apresentou uma coreografia com pitadas de desfile oficial. Alguns integrantes usavam adereços que já demonstravam o que representavam. Alguns pequenos detalhes de falta sincronismo foram vistos, mas consertados com o decorrer do ensaio.

Outros Destaques

A ala de passistas da Tom Maior chamou a atenção de foma positiva. Coreografias, samba no pé direcionadas ao público nas arquibancadas, simpatia e a quantidade de contingente cativou grande parte dos apreciadores do gênero musical.

Quarta colocada no último carnaval, a escola de samba Tom Maior traz o enredo: “Penso… Logo existo – As Interrogações do Nosso Imaginário em Busca do Inimaginável”. A agremiação encerra a primeira noite de desfiles de São Paulo, às 05h45.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui