A Comissão Especial de Carnaval da Câmara do Rio de Janeiro, presidida pelo vereador Tarcísio Motta (PSOL), ouviu trabalhadores do carnaval e criou um Plano Emergencial. O documento foi apresentado no fim de 2020, mas até o momento não foi utilizado pela Prefeitura do Rio. O plano foi criado por um grupo de trabalho composto por representantes das ligas do carnaval carioca, escolas de samba e blocos de rua, pesquisadores da Fiocruz e do Grupo de Trabalho Multidisciplinar para o Enfretamento do Coronavírus da UFRJ, além da Riotur e da Subsecretária de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses – S/SUBVISA. Conheça abaixo três tópicos do plano para os profissionais da folia

Subsídio de, no mínimo, R$ 100 mil para cada agremiação carnavalesca habilitada, tendo como critério ser membro das ligas e associações carnavalescas LIESA, LIERJ, LIESB e AESM ou possuir sede física na cidade do Rio de Janeiro (por exemplo, blocos tradicionais como Cordão do Bola Preta, Cacique de Ramos, Bafo da Onça etc.). Além disso, cada Liga de Carnaval de rua também deverá ser contemplada com uma parcela do subsídio a ser distribuído posteriormente pelas ligas para os blocos membros. As agremiações e ligas beneficiadas realizariam, como contrapartida, apresentação online no período do carnaval — Valor total: R$ 13.000.000,00 (treze milhões de reais).

Editais de fomento para projetos online na modalidade premiação, tendo como critério a residência ou sede do proponente no Rio de Janeiro. Os editais devem ser desburocratizados e admitir CPF ou CNPJ (inclusive MEI), tendo como contrapartida a execução do projeto. Os projetos seriam de apresentações relacionadas ao Carnaval ao longo do período de janeiro a maio. Seriam oferecidos prêmios de R$ 25.000,00 para 600 projetos — Valor total: R$ 15.000.000,00 (quinze milhões de reais).

Para trabalhadores do carnaval, com inscrição simplificada e flexibilidade na documentação que comprove a atuação do profissional (portfólio com fotos, autodeclaração, crachás comprovando atuação em evento do carnaval, contratos de trabalho etc.). Seriam oferecidos 5 mil prêmios de um salário-mínimo – Valor total: R$ 5.000.000,00 (cinco milhões de reais).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.