Por Danilo Freitas

A era digital tomou conta de toda sociedade. Nela encontramos as mais diversas tendências de mercado, fazendo com que toda a atenção esteja concentrada no meio online. Assim nasceram os “influenciadores digitais”, pessoas que viviam suas vidas normalmente e perceberam na internet uma ferramenta para levar conteúdos do dia a dia e movimentar bilhões de seguidores a espera de um próximo post ou story. Uma dessas pessoas é o brasileiro Carlinhos Maia, natural do Nordeste do país, e que será homenageado pela escola de samba paulistana Império de Casa Verde no desfile do ano que vem. Ele conversou com o site CARNAVALESCO, falou da homenagem, e se mostrou extremamente feliz com o convite feito pela agremiação do Grupo Especial de São Paulo.

O que representa ser homenageado no enredo do Império de Casa Verde?

Carlinhos Maia: “Eu acho que receber essa homenagem significa a consagração e o reconhecimento de todo meu trabalho e dedicação. O carnaval é um dos festejos mais populares do Brasil, porque ele não é regional, o carnaval atravessou o mundo todo, e hoje é o nosso produto de exportação. Receber esse convite é mais que um presente”.

Para você, o que não pode faltar no enredo?

Carlinhos Maia: “Não pode faltar a vila de primavera, em Penedo, interior de Alagoas, e meus personagens que fazem parte de toda minha história. Os influenciadores que nasceram desse nosso projeto, e que fazem sucesso nas redes sociais, nos palcos e na mídia. Personagens que se tornaram conhecidos de todo o público”.

Você pensa em participar ativamente da fase de construção do desfile ao qual será homenageado?

Carlinhos Maia: “Além de influenciador, eu faço shows, tenho agenda cheia para o ano todo, mas estarei presente nas principais agendas de ensaios e atividades da escola. Como por exemplo: lançamento de enredo, entre outras datas já agendadas”.

Para finalizar, qual sua visão em somar sua arte com a do carnaval? Em tempos da cultura estar um pouco de lado no país.

Carlinhos Maia: “Como todos sabem, eu costumo dizer que não sou humorista e sim um influenciador que “usa” da arte do humor para alegrar meus seguidores. E poder contribuir para uma das principais festas do país é um enorme privilégio”.

Em 2020, o Império de Casa Verde terminou no oitavo lugar. Confira aqui como foi o desfile da agremiação (https://www.carnavalesco.com.br/imperio-de-casa-verde-se-destaca-no-conjunto-visual-mas-apresenta-harmonia-irregular/).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui