Por Vinicius Vasconcelos

A última década da Independente de Boa Vista transformou a escola numa grande potência do carnaval capixaba. Hoje, não se pode mais cravar uma campeã sem antes ver a escola de Cariacica desfilar. De 2010 a 2019 foram cinco campeonatos e nenhum resultado abaixo do terceiro lugar. Para tentar manter as boas colocações, a diretoria apostou num enredo que irá homenagear a música do Espírito Santo. Com o título “O voo da águia anuncia: a festa é Boa, pode chegar. Ao som de uma sinfonia capixaba, a música celebrar”. O tema novamente será desenvolvido pelo carnavalesco Robson Goulart, que vem para seu terceiro carnaval na agremiação. Para o site CARNAVALESCO, Robson confidenciou que a ideia partiu do presidente e foi abraçada por ele.

“Foi uma ideia do presidente Emerson Xumbrega. Ele apresentou a proposta do enredo e desenvolvi. Após a pesquisa entramos num acordo sobre o que não podia faltar. Falamos de todos os músicos capixabas e nenhum ritmo ficou de fora. O nosso Estado é muito eclético no que se refere a música. Cada ritmo tem um artista consagrado, seja no forró, no funk, na MPB. Então levaremos pra avenida de tudo um pouco. Nós temos fantasias que relembram os artistas e também esculturas nos carros. No segundo setor, uma homenagem ao rei Roberto Carlos. O carnaval é bem grande e com tudo muito bem explicado, porque faço desfile não só para jurados. Afinal, eles tem a pasta, já o expectador não”, explicou.

O carnavalesco garantiu que consagrados músicos capixabas já confirmaram presença no desfile. Incluindo o atual campeão do The Voice Kids, Jeremias Reis.

“Como passaremos por todos os ritmos, convidamos os cantores que são referência em cada um. Banda Casaca, Manimal, Herança, Cheiro do Sul, Alemão do forró, Flavinha Mendonça, Beto Kauê, Andrea Nery, Lilian Lomeu, Lula de Vitória e Jeremias Reis estarão presentes em seus respectivos setores. Também faremos uma homenagem aos que não estão mais presentes como Nara Leão, Paulo Sérgio e Maurício de Oliveira”.

Crise e carnaval capixaba andam de mãos dadas desde que os desfiles se profissionalizaram. Ainda se existe uma grande polêmica sobre as dimensões que o espetáculo tem se tornado, indo na contramão dos valores que as escolas são capazes de captar. Porém, mais uma vez a escola de Cariacica vai apostar em alegorias gigantes e luxuosas.

“O projeto nunca vai 100% pra avenida. Justamente por conta da crise financeira que não acaba. O nosso diferencial é que o presidente Emerson Xumbrega abraça o projeto e corre atrás de tudo. O que ele percebe que não dá pra ser feito, pede para mudar e fazemos de outra forma. As esculturas estão com dimensões maiores e mais chamativas, irá trazer um grande impacto no desfile. todos os carros com esculturas que se movimentam. O nosso abre-alas será um diferencial”.

A Independente de Boa Vista é uma das escolas que optam por não abrir sua disputa de samba-enredo. A obra é encomendada e cabe ao presidente – e compositor – Emerson Xumbrega e seus parceiros de transformar a sinopse em obra musical. A favor dessa forma de escolha, Robson afirmou que acaba facilitando dos dois lados, pois tanto compositores quanto carnavalesco estão sempre se falando para que o samba saia exatamente como foi proposto.

“Eu nunca havia trabalhado dessa maneira em outras escolas, por onde passei havia a disputa. Vim para a Boa Vista e encontrei essa forma de encomenda, o que é muito bom. Porque tudo é feito em conjunto a partir da sinopse que eu elaboro. Eles se reúnem e o samba sai exatamente da forma que imaginei para o desfile que vamos apresentar. Não sou contra disputa, mas essa fórmula também dá certo e não me atrapalha em nada”, finalizou.

Setor 1

Será responsabilidade da comissão de frente convidar os artistas que vão passar pelo desfile da Boa vista. Num programa de rádio que irá misturar a música clássica com vários ritmos que serão apresentados no setor. Do clássico a bossa nova.

Setor 2

Jovem guarda ao rock.

Setor 3

Axé, forró e funk.

Setor 4

Samba, pagode e carnaval. Última alegoria com homenagem a todos intérpretes capixabas com um grande show de pagode.

Comentários