A União da Ilha é um patrimônio do carnaval. Não tem nenhuma festa que a escola chegue que o clima tenha mais alto astral pela alegria insulana. Na Live do CARNAVALESCO, na quinta-feira, no Camarote do King, no Sambódromo, o exemplo é perfeito. Perto de 23h, Ito Melodia assumiu o microfone e esbanjou disposição para manter o ritmo da Viradouro e Grande Rio, que também participaram do encontro. * VEJA COMO FOI A LIVE NA ÍNTEGRA

O encontro contou também com as presenças da Viradouro e da União da Ilha. Todos os integrantes e a equipe da live passaram pela cabine higienizadora e mediram a temperatura com a Bonanza Soluções Ambientais. Foram arrecadas alimentos, em prol do Ritmo Solidário, que vão ser distribuídos para todas três comunidades envolvidas.

Além de todo o show, a Ilha fez a estreia oficial do casal de mestre-sala e porta-bandeira, Raphael e Dandara, que dançaram juntos pela primeira vez.

“Essa estreia foi bem diferente. Essa nova realidade ela traz novas possibilidades e uma delas foi essa. Foi ótimo. Como a gente teve um curto tempo, dois ensaios para poder se conhecer na dança e estar aqui hoje foi ótimo porque a gente conseguiu transmitir o que já vinha pensando desde que a parceria foi formada. Mostrar essa leveza e alegria. Sintonia é muito mais através do olhar do que propriamente na dança porque a gente não vai conseguir chegar nesse lugar em tão pouco tempo. Nos divertimos, estávamos soltos, brincando, se conhecendo ainda mais. Esse (Sambódromo) é o nosso palco sagrado. Estar aqui, seja como agora ou quando a gente vem ensaiar, enfim, são momentos que trazem uma energia muito boa”, disse Dandara.

“Foi uma estreia diferente, porém não menos emocionante como se fosse numa quadra. Estou muito feliz, já estava feliz, agora estou mais, por saber que está dando certo, que o caminho é esse. Agora é trabalhar, trabalhar, trabalhar, exaustivamente. Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de trabalhar e encontrei uma porta-bandeira que gosta também, ou seja, estou ferrado (risos). Foi um casamento que, não vou dizer perfeito porque a gente ainda não desfilou, a gente ainda não recebeu as notas, mas é um casamento que tem tudo pra dar certo. Quero dançar, dançar com ela, dançar na quadra. A gente já tinha toda uma programação, uma agenda, mas infelizmente por conta dessa pandemia, nada aconteceu. Estou ansioso para voltar a dançar”, afirmou o mestre-sala.

Sempre presente nos eventos do site, Ito Melodia falou da parceria com o site e a novidade da live.

“Participar de um evento do CARNAVALESCO é uma coisa que me emociona muito. Me dá muita gratidão porque vocês acompanham não só o meu trabalho, mas o trabalho de todos os sambistas há muitos anos. Quando vocês criticam, eu aceito a crítica, quando elogiam eu aceito perfeitamente, porque eu acho que a vida é assim, a crítica vem pra gente poder melhorar e eu sou muito grato a vocês por tudo por serem hoje a maior representatividade em termo de sites do nosso carnaval. Estou muito feliz por vocês estarem de volta ao carnaval com força total e fazendo um trabalho lindo e digno. É mais que merecido”.

Mestre Keko aprovou a live e contou que os ritmistas da Ilha estavam com saudade de tocar.

“Foi muito bom poder chegar e tocar aqui hoje. Ainda mais nesse momento de incertezas que a gente não sabe se vai ter ou não carnaval. É de arrepiar, mexeu com a alma poder chegar aqui e participar desse momento com vocês, nesse lugar, na Sapucaí. Foi muito bom, algo inexplicável, para gente que é ritmista, mestre de bateria, e que não sabe o que vai ser do carnaval, é muito gratificante estar no nosso solo sagrado”.

A Live do CARNAVALESCO, no Camarote do King, teve patrocínio do Grupo Landim, Cachaça Cabaré, Guaracamp, e Rei do Bacalhau. Com o apoio da Bonanza Soluções Ambientais, Espumante Bonevi, Água OH – Alcalina e Isotônica, Sorvetes Frobel, Produtos Paraibinha, Grupo Best Segurança, Gráfica Estação Digital, Pipocas Palomithas e Parole Comunicação e Eventos.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui