Chiquinho da Mangueira é único eleito do mundo do samba nas eleições

2572

Os brasileiros foram às urnas neste domingo para eleger os seus representantes no executivo e legislativo nos próximos quatro anos. O mundo do carnaval elegeu apenas um representante para a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). O deputado e presidente da verde e rosa, Chiquinho da Mangueira obteve 22.141 votos em sua candidatura pelo PSC sendo reeleito a uma cadeira no parlamento carioca.

Outros três candidatos tentaram vagas nessas eleições. Além de Chiquinho, Renato Júnior, filho do presidente do Tuiuti Renato Thor, conquistou 2.240 votos. Tião Pinheiro, compositor de samba campeão pela Imperatriz, obteve 1.601 votos, 0,02% do total de válidos segundo o TRE-RJ. Nenhum deles conquistou uma cadeira na Alerj.

O intérprete oficial da União da Ilha do Governador, Ito Melodia, buscou uma vaga no parlamento nacional nessas eleições. O cantor obteve 3.405 votos válidos de acordo com o TRE mas não conseguiu a vaga na câmara federal, como era seu objetivo.

Comentários