Por Victor Amancio

Não é de hoje que a bateria do Salgueiro é uma das melhores do Grupo Especial. Após a saída de mestre Marcão, no pré-carnaval de 2019, os mestres Guilherme e Gustavo assumiram o posto, sob olhares desconfiados do mundo do samba, e conseguiram manter o padrão de qualidade da bateria Furiosa. Nesta sexta-feira, no ensaio do Sambódromo, os ritmistas realizaram um treino empolgante e tecnicamente sem erros. Faltando 20 dias para o desfile oficial o mestre Guilherme explicou a importância do ensaio na Sapucaí para alinhar e ensaiar nas dimensões do desfile oficial.

“Faltando 20 dias para o carnaval e como a gente não vai ter ensaio técnico, esse é o nosso principal ensaio antes do desfile oficial, principalmente para nós que não ensaiamos nas dimensões da Sapucaí, nosso ensaio geralmente não é ensaiado com a bateria completa e hoje tivemos 90% da bateria aqui. Ensaiar na Sapucaí é bom para alinharmos os instrumentos, conseguir formar na posição do desfile. É um ensaio para acertar detalhes. Temos poucas coisas para acertar e achei o ensaio muito bom”, disse Guilherme.

Gustavo disse que o ensaio ocorreu dentro do que eles estavam esperando e avaliou como positivo a execução e o andamento da bateria Furiosa.

“Foi muito bom, estávamos esperando esse ensaio pois ensaiando na rua enfrentamos alguns obstáculos como rua apertada e atrapalha o rendimento da bateria. O ensaio de hoje serve para vermos a bateria no lugar do jogo oficial. Graças a Deus deu tudo certo, bossas bem executadas, o andamento muito bom, tudo do jeito que esperávamos”, completou Gustavo.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui