Por Victor Amancio

Na luta pelo título, depois do feito histórico com o vice-campeonato no carnaval de 2019, a Viradouro conseguiu unir em seu ensaio de rua neste domingo a emoção e a técnica. Com uma harmonia total entre todos os segmentos, a vermelho e branco demonstra muita vontade e garra para ir em busca do lugar mais alto do carnaval carioca e sem deixar a técnica em nenhum momento.

“O ensaio foi muito bom, excelente. Tentamos aliar a parte técnica do ensaio, que foi impecável, com a emoção. Temos que ser técnicos mas sem esquecer da energia, da vibração. A escola está pulsando na Amaral Peixoto e isso é o que estamos fazendo desde outubro, gradualmente, para que pudéssemos chegar em janeiro nessa crescente que vai terminar num espetáculo no domingo de carnaval. Nós vamos continuar trabalhando dobrado para estar brigando pelo título neste carnaval”, disse o presidente Marcelinho Calil.

Samba-Enredo

O samba pegou. O “ensaboa” dá um gás a mais no samba que segue numa crescente na voz do Zé Paulo Sierra. O trecho que antecede o refrão principal do samba é o momento em que o componente canta com mais vibração dançando e fazendo coreografias. A obra tem como aliado o clamor da comunidade.

Harmonia

Cantando muito da primeira a última ala, a escola tem hoje uma das melhores harmonias do carnaval. A comunidade apaixonada de Niterói abraçou e canta o samba a plenos pulmões. Zé Paulo comanda o carro de som com maestria, chamando o componente para dentro do treino. O carro de som e a bateria se encaixam muito bem, até mesmo nas bossas mais elaboradas de mestre Ciça.

“O ensaio foi bom, sabemos que temos coisas para pontuar e corrigir, mas o ensaio reflete o bom momento que a escola está vivendo de total harmonia entre todos os segmentos”.

Evolução

No ensaio deste domingo pode-se ver uma escola alegre e empolgada. Dançando e fazendo coreografias durante o treino a escola fez um ensaio técnico porém cheio de emoção. É visível uma escola organizada onde cada um sabe sua função e executa de forma correta. Não é perceptível nenhum erro da escola.

Comissão de frente

Coreografada por Alex Neoral, a comissão de frente da Viradouro para 2020 é composta apenas por mulheres. Simulando a presença de um elemento cenográfico a comissão ensaiou o que parece ser parte da coreografia oficial para o desfile. Bem entrosadas, com passos fortes e bem marcados as bailarinas fizeram um ensaio em alto nível.

Mestre-Sala e Porta-Bandeira

Em seu décimo terceiro ano juntos, Julinho e Rute vivem um grande momento na agremiação de Niterói. Fazendo uma coreografia forte e encantadora o casal confirmou o entrosamento. Rute com toda garra presente em sua dança fez um ensaio majestoso ao lado do seu par, Julinho, que com toda sua elegância dança sem sequer tirar os olhos da porta-bandeira. O casal parece estar feliz e confiante.

Bateria

A bateria de mestre Ciça foi o ponto mais alto do ensaio, com uma bossa em que timbais são erguidos por um elevador a bateria levou o público que assistia e a comunidade ao delírio. O mestre vai levar para Sapucaí 4 bossas com um andamento de 147 BPM (batidas por minuto).

“O elevador é nossa grande surpresa, claro, ele vai vir muito diferente na avenida. Estamos trabalhando para fazer um grande desfile e se ganharmos será consequência desse trabalho”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui