A Beija-Flor ficou na segunda colocação do Carnaval, perdendo apenas para o desfile quase impecável da Grande Rio. A escola de Caxias somou 269,9 pontos, enquanto a agremiação de Nilópolis teve três décimos a menos. Para os componentes da Azul e Branco, o título da co-irmã foi merecido e necessário. * VEJA FOTOS DO DESFILE

“Acho que o segundo lugar esse ano ficou de bom tamanho. A Grande Rio fez um desfile de campeonato, já vem se esforçando há alguns anos, e eu acho que o sol nasceu pra todo mundo. É o primeiro título da Grande Rio, acho muito louvável, acho até bom pra dar um gás e movimentar o Grupo Especial”, disse Amir Pedro, de 64 anos.

“A preparação agora é mais curta, já estamos em maio, nos próximos meses já tem lançamento de enredo, disputa de samba, voltam os ensaios. Vai ser um pouco corrido, mas a expectativa já é grande. O que mais gostei na Beija-Flor esse ano foi o enredo, a conscientização da questão racial”, completou o vendedor de perfumes.

A Beija-Flor liderava a apuração até a leitura das notas de Bateria, mas acabou perdendo a primeira colocação a partir do quesito Alegorias e Adereços. Os jurados penalizaram a escola por conta de um elemento quebrado no Abre-Alas e a falta dos destaques no segundo carro alegórico. O garçom Claudio Fernando lamentou os erros.

“Acho que não deu porque teve aquele problema da falta de composição no segundo carro. Eu sou Beija-Flor, mas a Grande Rio estava muito bonita, mereceu. Já estou pronto para o próximo Carnaval. O que eu mais gostei esse ano foi a Comissão de Frente e os carros alegóricos, que estavam muito lindos”, comentou o componente de 52 anos.

Comentários