A São Clemente deu a vitória em sua disputa de samba para a obra composta pela parceria encabeçada pelo humorista e apresentador Marcelo Adnet. Com um samba bastante irreverente, alegre e crítico, os compositores exaltaram principalmente a liberdade para a realização do trabalho.

Da parceria vencedora, apenas Gustavo Albuquerque e Camilo Jorge já haviam ganhado na escola. Outros estão começando a fazer composições. É o caso do advogado Luiz Franca, que explicou para a reportagem do CARNAVALESCO, durante a gravação do samba no estúdio Companhia dos Técnicos em Copacabana, sobre o processo de produção da obra.

“Foi um trabalho bem cuidadoso mesmo, eu já tinha alguma experiência, porque eu faço música para bloco de carnaval, mas escola de samba em geral não tem um tema tão livre como você tem em bloco. A gente teve o trabalho de tentar mesmo amarrar o tema do Jorge (Silveira, carnavalesco), lemos a sinopse e fomos ao tira dúvida, anotamos e gravamos e tivemos todo cuidado de colocar cada destaque do desfile dele no nosso samba para que o nosso samba contasse a história do desfile dele”.

O samba tem muito do DNA da São Clemente, alegre e para frente, e, acima de tudo, muito brincalhão, os compositores celebraram a parte anterior ao refrão principal que fala “Brasil compartilhou nem viu, sambou, caiu na Fake news”, em uma clara crítica a divulgação de notícias falsas de propósito em muitos casos para acarretar vantagens políticas e eleitorais.

O compositor Gustavo Albuquerque celebrou a liberdade que a escola deu para que fosse trabalhado estes temas.

“Fazer samba pra São Clemente, principalmente, no contexto em que você vê o país, é a alegria de todo o compositor porque a gente pode colocar na letra e na melodia um pouquinho dessa linguagem crítica para de alguma forma comover a sociedade em momento tão difícil para a própria sociedade. A São Clemente da a chance para a gente criar de uma forma livre um enredo que hoje é tão atual”.

A São Clemente vai abrir a noite de desfiles de segunda-feira em 2020.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui