Uma galerinha muito animada chega à Academia do Samba Natalino José do Nascimento, sede de uma das maiores instituições de cultura popular do país, a escola de samba Portela. Maravilhados e curiosos para saber mais sobre aquele ambiente mágico, a turma se encontra com Mestre Monarco que faz um passeio cheio de sabores e história enquanto responde todas as dúvidas.

Esse é o mote de Vamos Falar da Portela, um livro dirigido ao público infantil que será lançado no dia 8 de fevereiro na Biblioteca do Parque Villa-Lobos, zona oeste de São Paulo, a partir de 15h. Escrito por Paulo Toledo e Carlos Tatta, o projeto é um sonho antigo do Consulado da Portela de São Paulo que agora está se tornando real.

“Graças ao apoio das pessoas conseguimos realizar mais esse projeto. O livro foi feito de forma totalmente colaborativa e será distribuído de forma gratuita às crianças por onde o Consulado passar”, informa Toledo, que é presidente do Consulado da Portela na capital paulista.

O Consulado é uma representação da escola de samba carioca para atuar como difusor da cultura do samba em geral e da história da azul e branco de Madureira bem como de seu repertório musical, que figura entre as obras mais relevantes do samba com nomes como Paulo da Portela, Zé Keti, Candeia, Monarco, Casquinha e Paulinho da Viola.

Segundo o autor Carlos Tatta, é uma honra participar de um projeto tão importante. “O Consulado da Portela mostra nessa obra que a escola de Oswaldo Cruz precisa ser conhecida por todos, independentemente da idade”, afirma.

Primeira representação da Portela a ser formada, em 2015, o Consulado em São Paulo, tem investido nos últimos anos em ações educativas para disseminar o repertório dos grandes baluartes da escola, em projetos como o Geração Portela, que dá aula de percussão e samba a jovens de Paraisópolis, e o Portela Em Canto, uma parceria com a Estação Casa Amarela de Caçapava, no Vale do Paraíba.

“Nosso objetivo é mostrar a relevante produção cultural e musical da Portela de todas as formas possíveis”, justifica Paulo Toledo. “Para isso, mostrar nossa história para as novas gerações é fundamental”, resume.

No dia do lançamento, que será realizado no espaço cedido pela SP Leituras, dentro do Parque Villa-Lobos, haverá uma exibição dos jovens do Geração Portela e tarde de autógrafos pelos autores.

LANÇAMENTO DO LIVRO VAMOS FALAR DA PORTELA

Serviço

Tarde de autógrafos e apresentação musical do projeto Geração Portela

Quando: 8 de fevereiro , das 15h às 18h
Onde: Biblioteca Parque Villa-Lobos

Endereço: Av. Queiroz Filho, 1205, Alto de Pinheiros (Parque Villa-Lobos)

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui