A frequência de público no Sambódromo durante os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial, diante de todos os obstáculos causados pela pandemia de Covid-19, foi avaliada como “muito boa” pela direção da Liesa. Ao receber os relatórios oficiais do Sistema de Acesso à Passarela do Samba, o presidente Jorge Perlingeiro revelou que 154.665 compradores de ingressos passaram pelas catracas nos três dias de desfiles oficiais, além dos 22.476 credenciados, o que representa uma média de frequência diária de 59.047 pessoas. Sobre os credenciados, envolvendo prestadores de serviços, profissionais de Imprensa, convidados das Escolas de Samba e da LIESA, o presidente comenta que o número de crachás emitidos foi 4% menor que o do último Carnaval, em 2020.

Foto: Fernando Maia/Divulgação Riotur

“Nossa meta é reduzir bem mais, porém 2022 foi um Carnaval atípico. Havia uma saudade muito grande do espetáculo, que não era realizado há dois anos e, atendendo às determinações das autoridades sanitárias, foi adiado por quatro vezes ao longo desse período. Mas, felizmente, foi uma festa maravilhosa, um espetáculo digno das tradições de nossas Agremiações. Foi um desfile memorável, como desejava o Prefeito Eduardo Paes, elogiado pela crítica especializada e pelo público, que tomou a pista ao final dos desfiles de sábado, 23 de abril, e das Campeãs, uma semana depois”, afirmou o presidente.

Segundo o relatório, todos os camarotes foram vendidos e receberam um público de 7.296 pessoas por dia, acrescido de uma média diária de 15.000 pessoas nos lounges, espaços agregados a vários deles. Já nas frisas registrou-se um público médio de 4.395 pessoas/dia, enquanto nas arquibancadas especiais a média foi de 11.000 pessoas/dia e, nas populares, a média ficou em torno de 11.500 pessoas/dia. Nos demais tipos de ingressos (cadeiras individuais do Setor 12, Padock, HC, tribuna, box especial e PNE) foi registrada a média de 2.153 pessoas/dia.

Série Ouro

O documento informa também que os desfiles da Série Ouro, realizados nos dias 20 e 21 de abril (quarta e quinta-feira, respectivamente), registraram um público de 74.738 compradores de ingressos, além dos credenciados. Somando-se os cinco dias de desfiles, as catracas da Passarela do Samba registraram um público de 229.403 pessoas.

Comentários