As ruas e bares da Tijuca, Maracanã e Vila Isabel sempre foram palcos de diversas manifestações artísticas populares, incluindo as famosas rodas de samba, já que as regiões abrigam escolas de samba tradicionais do Rio de Janeiro, como a Mangueira, Unidos da Tijuca, Salgueiro, Vila Isabel e Império da Tijuca. Os bairros também entraram para a história das carreiras de diversos sambistas imortais: Cartola, Carlos Cachaça, Jamelão, Beth Carvalho, Nelson Sargento, Noel Rosa e entres outros baluartes. No dia 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, a partir das 14h, a Estácio Maracanã – na rua Morais e Silva, 40, na Tijuca – promoverá uma roda de samba para homenagear Dona Ivone Lara, unindo o movimento negro, a luta pelos direitos das mulheres e, logicamente, o samba.

Foto: Divulgação

A iniciativa faz parte do tributo à grande “Dama do Samba”, justamente no ano de seu centenário, no projeto Estátua de Brilho. Neste dia, além da roda de samba, será realizada a inauguração do super campus Estácio Maracanã, que apresentará ao público, pela primeira vez, a estátua de bronze de Dona Ivone Lara. Os tijucanos elegeram a sambista após um mês de votação que ocorreu por meio da internet. A roda de samba – evento aberto ao público e totalmente gratuito – será composta somente por cantoras negras que fazem parte do circuito carioca de samba da atualidade. Já confirmaram suas presenças André Lara (neto da Dona Ivone Lara) e Alex Ribeiro (filho do também músico Roberto Ribeiro), além de outros convidados.

Dona Ivone Lara, mulher negra da década de 20, foi a primeira cantora a assinar um samba-enredo e a fazer parte da ala de compositores de uma escola. Agora será uma das primeiras mulheres negras brasileiras a receber uma estátua de brilho em sua homenagem.

Vale ressaltar ainda que a atração será a primeira de muitas que o novo campus Estácio Maracanã vai proporcionar aos moradores do bairro da Tijuca e de toda a cidade do Rio de Janeiro.

“Nossa bandeira será fincada com uma estátua de bronze com o nome de uma joia rara, o que deixa a gente bem feliz, afinal de contas, a logomarca da Estácio também é uma joia: um diamante. A homenagem à Dona Ivone Lara vai valorizar ainda mais os nossos acervos e patrimônios, fortalecendo a história da Cidade do Rio de Janeiro”, afirma Eduardo Guedes, diretor de Marketing da Estácio.

Serviço:

Evento – Roda de samba e apresentação / inauguração da estátua de brilho de Dona Ivone Lara
ABERTO AO PÚBLICO E GRATUITO – AO AR LIVRE
Dia – 20 de Novembro – Dia da Consciência Negra
Hora – a partir das 14h
Local – Novo campus Estácio Maracanã
Endereço – Rua Morais e Silva, 40, na Tijuca

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.