A Beija-Flor faz levar para Avenida no Carnaval de 2022 o samba-enredo da parceria de J. Velloso (in memoriam), Léo do Piso, Beto Nega, Júlio Assim, Manolo e Diogo Rosa. O enredo é “Empretecer o pensamento é ouvir a voz da Beija-Flor, desenvolvido pelo carnavalesco Alexandre Louzada. * OUÇA AQUI O SAMBA CAMPEÃO

Fotos: Eduardo Hollanda/Divulgação Beija-Flor

“É uma emoção grande vencer o samba para esse enredo. Chegou a hora do mundo parar com a desigualdade racial. O nosso refrão do meio que retrata muito o empretecer o pensamento. Sou um Beija-Flor nato. Nasci dentro da escola. O nosso samba foi feito de corpo e alma”, disse o compositor Léo do Piso, em entrevista ao site CARNAVALESCO.

O diretor de carnaval da Beija-Flor, Dudu Azevedo, conversou com o site CARNAVALESCO sobre o trabalho da azul e branco para 2022. “Além da cultura negra, a gente vai mostrar que o samba está em outro patamar. O enredo da Beija-Flor passa por cima também. O samba é negro. É muito grande e rico”, disse.

Responsável pela produção do desfile, o carnavalesco Alexandre Louzada enalteceu o poder do enredo da Beija-Flor para o desfile do ano que vem.

“O enredo é de autoria do João Gustavo Melo e estou desenvolvendo plasticamente a ideia dele, transformando em alegorias e fantasias. Como ser humano é conseguindo e adquirindo uma consciência mais acertada de toda história africana, a verdadeira que foi apagada pelos colonizadores. Se a minha contribuição for de ser mais um amplificador dessa voz estarei muito orgulho. O nosso enredo é um movimento”, frisou o artista.

Em entrevista ao site CARNAVALESCO, o presidente Almir Reis fala do enredo da Beija-Flor. “Como presidente, eu falo que a Beija-Flor e o carnaval estão sempre mandando mensagens. Temos que dar um basta nessa questão racial. Todos nós somos iguais”.

Comandante da bateria da Beija-Flor, ao lado de Plínio, mestre Rodney exaltou o trabalho da escola para o ano que vem. “Vamos dar voz ao negro. Chega de ser o negro pobre. É o negro rico, educado, tudo de bom. Vamos mostrar de uma maneira diferente, como o negro deve ser mostrado”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.