Marquinho Marino, diretor de carnaval da Mocidade Independente de Padre Miguel, foi internado nesta terça-feira, e após fazer exames o resultado deu positivo para Covid-19. O sambista é um dos principais nomes do carnaval do Rio de Janeiro e referência na direção de carnaval. A informação apurada pelo site CARNAVALESCO foi confirmada pela assessoria de imprensa da escola.

Marino passou por todos os estágios dentro da Mocidade Independente de Padre Miguel. Além do diretor de carnaval, a verde e branco está com a responsável pelo departamento cultural, Paula Rosário, diagnosticada com Covid-19, mas em fase mais branda e com todos os cuidados em sua casa. Tânio Mendonça, da ala de compositores, está internado.

Covid-19 no Brasil

No Dia Internacional da Enfermagem, comemorado nesta terça, o Ministério da Saúde divulgou informações sobre a saúde mental e o contágio de Covid-19 dos profissionais de saúde.

De acordo com secretário substituto de Vigilância em Saúde, houve a notificação de 884 profissionais da saúde contaminados pelo novo coronavírus. Deste total, 57% são enfermeiros, técnicos de enfermagem ou auxiliares de enfermagem. O levantamento também mostrou que 6% dos profissionais de saúde apresentaram sintomas de ansiedade ou depressão por causa da pandemia.

Até segunda-feira, Brasil registrava 168.331 casos confirmados e a 11.519 mortes pela covid-19. O balanço diário do Ministério da Saúde mostrava que 69.232 pacientes estão recuperados. A taxa de letalidade foi em 6,8%. São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de falecimentos (3.743). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (1.770), Ceará (1.189), Pernambuco (1.087) e Amazonas (1.035).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui