O site CARNAVALESCO abriu a série “Quesitos”, que acontece em uma live toda terça-feira, falando de Harmonia. Participaram os diretores Junior Escafura (Portela), Mauro Amorim (Viradouro) e Marcelinho Emoção (Vila Isabel). Eles contaram como estão vivendo durante a quarentena e responderam sobre o futuro da preparação para os desfiles de 2021.

Junior Escafura revelou que está utilizando o isolamento social para atividades pessoais, como a leitura e produção de um livro.

“É um momento muito difícil para todos. Estou aproveitando para ler, ver os desfiles antigos e escrevendo um livro sobre harmonia, que é um projeto antigo e vai ser muito bacana para contar a história e causos do quesito. Sobre o futuro, eu acho que primeiro temos que ver como ficará essa pandemia. Não temos noção do que vai acontecer. Só o tempo vai dizer. O caminho é longo e todas escolas estão monitorando”, comentou o portelense.

Marcelinho Emoção frisou que a Vila Isabel trabalha na conversa com seus diretores.

“Estou me cuidando. Caminhando na minha vila e rezando para isso acabar. Temos um grupo com as alas que desfilaram na Vila. Ele não parou. Após o carnaval ficaram 80% das pessoas e estamos conversando. Acredito que tenha carnaval, mas a gente tem que aguardar o que vai vir pela frente”.

Campeão do Grupo Especial em 2020 com a Viradouro, Mauro Amorim explicou que qualquer ação só deve ser tomada seguindo as diretrizes das autoridades sanitárias.

“Estou trabalhando. Sou servidor municipal e estou envolvido nos projetos. Entregamos cestas básicas para os taxistas. É um momento de ajuda e união. Ainda é prematuro falar sobre o Carnaval 2021. Estamos lidando com a realidade de hoje e tudo é muito precoce até fevereiro. Vamos depender das orientações dos órgãos de saúde e qualquer medida terá que ser feita com o que eles determinarem”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui