Por Philipe Rabelo

Na semana do Carnaval, o Camarote do King teve uma agenda movimentada. Foram cinco dias de desfiles, uma feijoada e uma noitada em parceria com a Boate All In, que aconteceu no setor 8 da Marquês de Sapucaí. Nos dias de folia, o camarote recebeu 5.500 pessoas. Tudo isso sob o comando de Lilian Martins, diretora do King. Em entrevista ao site CARNAVALESCO, Lilian fez um balanço sobre 2020 e falou sobre as perspectivas para o próximo ano. Fotos: Paulo Rodrigues

“Foi lindo, né? O camarote ficou com a lotação máxima e foi super confortável. Todo mundo feliz e elogiando. Hoje a sensação é de dever cumprindo”, analisa.

Essa maratona de trabalho começa na segunda-feira que antecede os desfiles, quando o meeting point é aberto. Lá o público retira as camisas e ingressos para a Sapucaí. Daí pra frente, Lilian só diminui o ritmo no sábado das campeãs.

“Meu carnaval começa na segunda com o meeting point e segue direto, só paro nas campeãs. Mas apesar do volume de trabalho, a logística até que é tranquila, porque já estamos acostumados com esse ritmo, já são quatro anos fazendo camarote na Sapucaí. As compras de ingresso são feitas com a nossa equipe, no nosso aplicativo próprio, o King Ingressos. Nossa equipe é muito boa” analisa Lilian.

Quem também faz parte dessa empreitada desde 2017 é a Parole Comunicação, empresa que faz a produção e montagem do camarote. Claudia Manhães e Tadeu Silva são os responsáveis por transformar o espaço em realidade. Para que tudo dê certo e saia conforme o planejado, a dupla fica durante todo o ano na Marquês de Sapucaí, onde funciona o escritório do King.

“Aqui é a nossa casa também, como o escritório do king funciona aqui no camarote, estamos sempre pelo Sambódromo. Isso facilita muito a nossa vida, pois cada chuva que acontece, cada obra feita nas arquibancadas, tem interferência na nossa estrutura e como estamos aqui, conseguimos monitorar e avaliar se o nosso espaço está preparado. A partir da nossa observação a gente vai fazendo melhorias”, revelou Claudia.

O desfile das campeãs deste ano teve os ingressos esgotados antes do final da apuração e o pessoal do King se disse surpreso, ainda que tenham recebido apenas feedbacks positivos. Claudia atribui ao fato do camarote priorizar o conforto do público e não a presença de celebridades.

“Os famosos que vem são amigos da família King. O nosso objetivo é sempre dar a melhor experiência ao público”, ressaltou.

Apesar do sucesso do público, este ano as campeãs de consumo foram a cerveja Petra e Gin Tônica. De acordo com a organização o consumo superou a marca de 2019, mas a quantidade não foi revelada. Além das bebidas, um outro produto surpreendeu: A pipoca Palomithas.

“Não esperava, mas a pipoca Palomithas foi uma grata surpresa, a galera adorou, entregamos em todos os kits de camisa e nas noite de camarote, o público procurava pra degustar. Sucesso!”, contou Lilian Martins.

Lilian também ficou surpresa com a festa em parceira com a boate All in. Ele acontece na quinta-feira, após o resultado da campeã do carnaval.

“O evento da All in foi incrível, fiquei apaixonada e foi um dos poucos momentos no carnaval que eu consegui me divertir sem ter que pensar tanto no trabalho. Eles são ótimos parceiros”, elogiou.

Para 2021 O King já tem alguns possíveis temas; China e Portugal. O martelo não foi batido ainda, a decisão será feita ao longo do ano. Sobre a possibilidade de levar o Camarote do King para São Paulo, Lilian prefere ir com calma, apesar de ser uma possibilidade. “Não dou conta dessa ponte aérea, sou uma só pra fazer tudo isso”, brincou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui