O site CARNAVALESCO, ciente da sua responsabilidade e amor ao carnaval, afirma seu total apoio ao candidato Eduardo Paes para Prefeitura do Rio de Janeiro. Estar ao lado dele é estar com o sambista, apaixonado por samba-enredo e por quem nunca abriu mão de apoiar nossas escolas de samba e blocos.

O apoio de Eduardo Paes ao carnaval não foi dado somente para o grande espetáculo das escolas do Grupo Especial. Ele incentivou o carnaval da Série A, devolveu o protagonismo para o carnaval de rua da cidade e fez o nosso turismo decolar nos seus oito anos de governo.

Óbvio que o governo também teve falhas ou deixou de fazer algo. Paes reconheceu isso na campanha. Em relação ao carnaval, o candidato do DEM poderia incentivar o trabalho mais forte nas ações com as comunidades, um trabalho cultural mais amplo, fugindo somente dos dias de carnaval, e, claro, construindo a Cidade do Samba 2. Além disso, o programa de governo para eleição de 2020 “esqueceu” do carnaval.

Nosso apoio tem também o intuito de fiscalizar um eventual governo do democrata: é urgente que a Cidade do Samba 2 saia do papel. É preciso ainda que a prefeitura exija de fato a contrapartida das escolas que receberem a subvenção pública, com projetos sociais sólidos e atividades que habitem suas quadras o ano inteiro. É necessário ainda que a prefeitura forme uma parceria com as ligas da Intendente Magalhães para que o desfile tenha a mesma credibilidade daqueles que aconteçam no Sambódromo.

Depois de quatro anos de ataque à cultura do carnaval, urge compreender que não se trata de um evento, mas de nossa maior manifestação cultural.

Paes é nossa lembrança de um momento feliz do Rio de Janeiro. O carnaval passou por obras, sempre esperadas e nunca realizadas no Sambódromo, além das reformas nas quadras das escolas de samba, inclusive, com algumas sendo construídas do zero.

Portanto, o site CARNAVALESCO caminha com a candidatura de Eduardo Paes. Pelos ensaios técnicos no Sambódromo, eventos das escolas de samba o ano inteiro, subvenção justa para quem produz cultura e traz finanças para cidade, pela construção da Cidade do Samba 2, e, acima de tudo, pelo prefeito que ama e curte o carnaval do Rio de Janeiro. Quando de um lado está a barbárie e o fundamentalismo, o posicionamento contrário é uma questão de sobrevivência.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui