Na tarde deste sábado, durante uma live, o intérprete Ito Melodia confirmou que a União da Ilha reeditará o enredo e samba “Festa Profana” para o Carnaval de 2021, apresentado pela escola no carnaval de 1989.

O samba de 1989, feito pelos compositores J. Brito e Bujão, deu o terceiro lugar para União da Ilha no Grupo Especial. Em 2005, a Porto da Pedra reeditou o samba, através do carnavalesco Alexandre Louzada, e terminou na sétima colocação.

Após ser rebaixada no Grupo Especial em 2020, a Ilha desfilará na Série A no próximo carnaval. A agremiação apostou em uma equipe forte. Foi criada uma comissão de carnaval que terá Dudu Azevedo (que segue na Beija-Flor) e Wilsinho Alves. Como carnavalescos a escola terá o trabalho da dupla Cahê Rodrigues e Severo Luzardo, além da equipe que participou de 2020, exceto Fran-Sérgio e Laíla.

Para comissão de frente, a escola contratou o casal Priscila Mota e Rodrigo Negri, que seguem na Mangueira e vão fazer jornada dupla. O casal de mestre-sala e porta-bandeira foi formado pela dupla Raphael Rodrigues e Dandara Ventapane.

A escola ainda renovou com o intérprete Ito Melodia e com a dupla Keko e Marcelo para o comando da bateria.

Comentários