A quadra do Império Serrano foi palco pela primeira vez da premiação do Estrela do Carnaval 2022 da Série Ouro, oferecida pelo site CARNAVALESCO. A festa contou com a presença de várias escolas premiadas e um lindo tributo a Dona Ivone Lara. A premiação teve ainda apresentações da Imperatriz Leopoldinense e do Paraíso do Tuiuti, além das participações da União de Jacarepaguá e do Arranco de Engenho de Dentro, campeãs da Série Prata no último carnaval, as escolas receberam homenagens e boas vindas, as agremiações entram na “briga” pelos prêmios do próximo carnaval.

Fotos de Allan Duffes e Nelson Malfacini/Site CARNAVALESCO

“Fico muito feliz em receber essa honraria pela União de Jacarepaguá, em nome do presidente e de toda a agremiação, para 2023 esperamos só coisas boas, pensamentos bons, o trabalho está fluindo e vem coisa boa ai”, disse o carnavalesco da escola Lucas Lopes.

“Uma emoção muito grande ver o pavilhão do Arranco girar aqui na casa do Império Serrano, é a certeza de que valeu a pena todo esforço, todo sacrifício, é muita honra receber essas boas-vindas, vamos fazer bonito na avenida, podem esperar”, disse a presidente do Arranco, Tatiana Alves.

A tradicional feijoada do Império Serrano foi servida ao público que pôde ainda acompanhar o show de abertura do Grupo Senzala e o tributo a Dona Ivone Lara, seu neto, André Lara, cantou e falou sobre a emoção desse momento.

“Primeiro, muito feliz, né? Em saber que tão lembrando da da minha vó, não só dela, mas toda a minha família, desde a história do Prazer da Serrinha, onde essa escola começou, inclusive eu canto alguns sambas dessa época. Eu vou tá sempre vindo aqui no Império, é uma alegria muito grande, tô muito emocionado, agradeço em nome da toda minha família, tá todo mundo aí”, disse André.

A primeira escola a se apresentar foi o Paraíso do Tuiuti, a Bateria Super Som comandada por mestre Marcão fez o seu habitual show, a rainha Mayara Lima também esteve e encantou o público com muito carisma e samba no pé.  “É muito importante ver a bateria sendo reconhecida dessa forma, os ritmistas merecem demais, eu particularmente estou muito feliz e honrada por poder representá-los, é um sonho tudo o que estou vivendo”, disse Mayara.

Em seu discurso de abertura, o editor-executivo do site CARNAVALESCO, Alberto João, idealizador do prêmio, agradeceu ao Império Serrano e também a Imperatriz Leopoldinense pela disponibilização de ceder suas quadras. “Tô aqui para agradecer ao Império Serrano por ceder a sua quadra para a realização do Estrela do Carnaval da Série Ouro e também agradecer a Imperatriz por ceder a quadra há 15 dias atrás cedeu para realizarmos a do Especial. É muito legal estar aqui nessa quadra que tem um lugar especial no coração de casa sambista. Hoje precisamos de uma agenda do carnaval o ano inteiro, não só em fevereiro. É um prazer receber sambistas aqui nesta quadra tão especial. O site CARNAVALESCO completa 15 anos em setembro e estamos sempre ao lado do sambista, a gente enverga, mas não quebra, estaremos sempre juntos”, disse Alberto.

A premiação começou após os discursos de Wilsinho Alves, diretor de carnaval do Império Serrano, Wallace Palhares, presidente da Liga-RJ e João Drummond, diretor executivo da Imperatriz, ambos destacaram a importância do site para a manutenção da cultura carnavalesca.

“É um prazer muito grande receber todas as coirmãs aqui na quadra do Império, estamos muito felizes, agradeço ao presidente Thor e também ao João Drummond que veio representando a presidente Cátia, obrigado por abrilhantar ainda mais essa festa. Todo meu respeito ao site CARNAVALESCO e a figura do Alberto João por todo o cuidado com o sambista”, disse Wilsinho.

“Primeiro lugar é uma honra estar nesta casa, o Império não é só uma escola de samba, é uma família, aprendi muitos valores aqui. Sobre o último carnaval, considero o maior de todos os tempos, foram dois anos preparando o carnaval, foi o carnaval da superação, o verdadeiro carnaval da vida, celebramos a vida e tivemos respeito a todos que partiram”, disse Wallace.

“Em nome dos sambistas o meu parabéns e obrigado ao site CARNAVALESCO, a gente sabe como é difícil manter o carnaval vivo o ano inteiro e vocês conseguem isso, também agradecer ao Império, é uma honra estar aqui pela primeira vez, fiquei muito feliz com o campeonato da escola, porque de fato o grupo especial é o lugar do Império”, pontuou João.

A primeira escola premiada foi a Unidos do Porto da Pedra, triplamente vencedora, nos seguintes quesitos: “Melhor Samba-Enredo”, “Mestre-Sala e Porta-Bandeira” para a dupla Rodrigo França e Cintya Santos, e Pitty de Menezes conquistou como melhor “Intérprete”, da Série Ouro. No próximo carnaval Cintya defenderá o pavilhão da Mangueira, ela falou sobre a emoção de ter recebido esse prêmio e da felicidade por estar no grupo Especial, a porta-bandeira comentou ainda sobre o assédio que vem recebendo e se mostrou surpresa com tanto carinho.

“Eu falo, é um sonho, eu sempre sonhei em receber o prêmio do site CARNAVALESCO, hoje eu tô me sentindo uma estrela e aí veio mais esse convite da Mangueira. Vou dizer que eu tô realizada, tô feliz, muito, muito feliz, agradeço a vocês por olharem meu trabalho com carinho, por valorizarem o profissional do mundo do samba. Hoje, dia 16 de julho, tá marcado eternamente na minha vida. Eu nunca tive isso. Eu, simplesmente, sou normal, sou uma porta-bandeira querendo espaço, querendo respeito, querendo mostrar meu trabalho, o carinho das pessoas tá sendo de muito importante que é o carinho do sambista que me fez querer sempre mais”, disse Cintya.

Outro vencedor foi o intérprete Pitty de Menezes, ele que ganhou enquanto comandava o carro de som da escola de São Gonçalo, agora defende as cores da Imperatriz e disse estar honrado com o reconhecimento, pois sempre foi um sonho chegar nesse lugar. “É muita emoção poder receber esse prêmio, sonhei em ganhar e agora virou realidade, um sonho de criança de quando eu era escola mirim, via muitos ídolos ganharem esse prêmio e hoje eu tô podendo realizar esse sonho. Quero agradecer a Porto da Pedra, a toda comunidade, toda gente que me apoiou, meu carro de som. Hoje estou vivendo um momento diferente, um momento único na Imperatriz, se Deus quiser vamos buscar as notas para a escola e quem sabe receber mais prêmios”.

Após apresentações das escolas que subiram da Série Prata, foi a vez das baianas da Unidos de Padre Miguel brilharem, a escola da Zona Oeste levou a melhor nas categorias “Ala de Baianas” e também “Conjunto de Alegorias e Fantasias”, a agremiação levou algumas fantasias criadas pelo carnavalesco Edson Pereira.

O consagrado Casal Segredo, Priscilla Mota e Rodrigo Negri, também esteve presente na premiação que coroou outro trabalho brilhante da dupla, dessa vez pela União da Ilha, eles encantaram o público e júri com mais uma comissão de frente incrível, Priscilla e Rodrigo comentaram sobre a felicidade de ver mais um trabalho sendo reconhecido, pela primeira vez na Série Ouro.

“Carnaval no Acesso foi uma experiência nova pra gente, muito enriquecedora, nós aprendemos muito, é um espaço com muito menos recursos, a gente teve que colocar a mão na massa, faca entres os dentes e falar que ia dar certo, se não não vai sair, temos que agradecer a nossa equipe, nossos bailarinos, a gente tomou como uma missão levar a comissão de frente linda para a avenida, a repercussão foi uma surpresa pra gente, sabíamos que era muito bem feito, com bastante amor, mas a repercussão foi incrível. A presença da Cacau foi especial demais, uma linda, uma amiga e parceira que abraçou o projeto desde o início. Foi uma sensação de alegria e alívio”, afirmou Priscilla.

“Foi uma experiência nova, um desafio muito grande, era um desejo nosso já de um tempo poder desfilar no grupo de acesso, já foi também um ensaio para o que viria no Grupo Especial, fomos mais relaxados, mas também vimos que é muito cansativo, se exige muito, imagine duas vezes, foi muito desgastante. Foi uma experiência maravilhosa, que a gente amou, mas que agora precisamos rever pra poder assumir o passo aceitar um novo convite”, completou Rodrigo.

Após a apresentação da Ilha, foi a vez do Império da Tijuca receber o prêmio na categoria “Enredo”, criado e desenvolvimento pelo carnavalesco Guilherme Esteves, a escola levou o enredo “Samba de Quilombo: a Resistência pela Raiz”, ele, que agora comanda o carnaval da Mangueira ao lado de Annik Salmon comentou sobre essa vitória. “Pra mim é uma felicidade enorme, esse enredo foi pensando há muitos anos e guardado para um momento especial, quando eu trago para o Império da Tijuca foi um casamento de idéias da própria escola com o Quilombo, foi um enredo de muitas descobertas, muitos encontros, muito importante na minha vida como artista. Eu tô muito feliz pelo reconhecimento do site, não é um reconhecimento só do meu trabalho, mas de toda a comunidade do morro da Formiga”, comentou o artista.

Para finalizar a noite de festa, coube ao Império Serrano encerrar a premiação, o Reizinho de Madureira levou o prêmio do evento, o de “Desfile do Ano”, grande campeão da Série Ouro, a agremiação ganhou também em mais duas categorias: “Bateria” e “Harmonia”. A quadra veio abaixo quando Ito Melodia começou a cantar sambas antigos da escola. “Mais uma vez agradecer ao Alberto João e a toda sua equipe. Obrigado ao presidente Sandro Avelar, eu sabia que isso ia acontecer, nós fizemos um grande trabalho que culminou no acesso, agradeço a todos. Para o próximo ano a equipe que a gente montou, as fantasias que o Alex tá preparando, o Império não vem fraco não, o presidente tá prometendo o maior desfile da história do Império Serrano”, pontuou Wilsinho Alves.

“Pra mim é uma grande honra. Maravilhoso ganhar um prêmio como o Estrela do Carnaval. Eu tô muito honrado em ganhar esse prêmio, até porque é um dos prêmios da minha opinião, um dos melhores prêmios do Carnaval. Mostra que está valendo a pena o nosso trabalho. Tudo que a gente veio trabalhando, se esforçando, se arriscando na pandemia pra limpar a batida, é maravilhoso. É algo que nos dá vontade de trabalhar mais e mais. E a galera que a galera pode esperar para o próximo carnaval são surpresas falar de Arlindo é falar de Madureira, é falar da história do samba. Pode esperar muito do Império Serrano, pode esperar muito trabalho”, pontuou mestre Vitinho.

“Esse prêmio é de toda a Harmonia do Império Serrano, agradeço a cada um de vocês que fizeram de tudo pra gente chegar no tipo. Todos os segmentos da escola estão de parabéns, galera da harmonia, foram muitos ensaios. Um meu muito obrigado ao site CARNAVALESCO, são poucos os prêmios para harmonia e é muito importante isso, obrigado de coração por tudo que vocês fazem ao carnaval, a harmonia precisa muito ser valorizada”, disse Júnior Escafura, ex diretor de harmonia da escola e hoje vice-presdiente da Portela.

Comentários