Em seu segundo ano no comando do carro de som da agremiação de Duque de Caxias, Evandro Malandro, chegou até o vice-campeonato com a escola cantando um samba que, sem dúvida, ficará marcado na história da Grande Rio. Para ele, o segundo lugar contou como um título pois a escola vinha de carnavais com resultados ruins.

“É um vice-campeonato campeão. Grande Rio chegar nesse resultado depois dos últimos carnavais é uma vitória. Chegar no vice da forma que chegou deixa a gente muito feliz e com a certeza de um trabalho muito bem feito. Estamos radiantes. Foi um grande carnaval e estará sempre na nossa memória”.

Sobre as notas e o quesito desempate – a Viradouro e a Grande Rio terminaram empatadas –, Evandro diz não ser a favor da forma que é feita mas explica que não é seu local de fala.

“Discordo muito da nota de evolução. Discordo da forma que foi feito o quesito desempate mas tudo bem não sou eu que resolvo isso, deixo isso para quem tem que resolver”.

Planejando uma surpresa com o carro de som, o cantor disse que daqui dois meses lançará um projeto junto a escola.

“Tenho planos pós carnaval, daqui dois meses tem um projeto muito bacana que nós do carro de som vamos fazer com a escola, vocês vão ver muita surpresa na Grande Rio”.

Ele ainda comentou sobre o prêmio Estrela do Carnaval que consagrou o samba da escola como melhor do ano.

“É uma honra ganhar o prêmio do site CARNAVALESCO, tivemos um grande samba neste carnaval e sem dúvida contagiou e emocionou a avenida. É um samba que ficará eternamente gravado na história”.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui