Em mais uma parceria da revista de arte Caju e do multiplataforma Carnavalize, as equipes dos dois projetos se reuniram e montaram uma seleção estelar para produzir o Mergulho de Carnaval. Com o objetivo de matar as saudades de nossa folia e promover debates sobre os múltiplos saberes artísticos da festa, o evento virtual contará com aulas, workshops e palestras com nomes fundamentais para a história contemporânea dos desfiles das escolas de samba.

O evento acontecerá em um fim de semana inteiro, dividido nos dias 5 e 6 de dezembro. Por conta do cenário pandêmico, ele ocorrerá virtualmente, via Zoom. Para garantir que ninguém perderá nenhum momento dos encontros, eles serão gravados e disponibilizados com link intransferível para os presentes. A organização é da curadora Daniela Name e do historiador da arte Leonardo Antan.

Após o sucesso de dois cursos de Leandro Vieira sobre o seu processo de criação e de um curso sobre a estética das escolas de samba, de Leonardo Antan e Daniela Name, mais um grande evento virtual foi preparado para o público apaixonado pelo carnaval e para os foliões curiosos e iniciantes.

A programação contará com aulas sobre o processo criativo de Jorge Silveira, Leonardo Bora, Gabriel Haddad, João Vitor Araújo e Guilherme Estevão, além de um workshop sobre cor e forma com a Maria Augusta, carnavalesca e comentarista da festa, e uma aula sobre carnavais críticos com Jack Vasconcelos e Luiz Fernando Reis, unindo diferentes gerações que criaram importantes narrativas na Avenida.

Haverá ainda mesas sobres os quesitos musicais e corporais, com participação da porta-bandeira Lucinha Nobre, a rainha de bateria Evelyn Bastos, os compositores Cláudio Russo e Manu da Cuíca e os coreógrafos Priscilla Mota e Rodrigo Negri, responsáveis por comissões de frente inesquecíveis. O ponto alto dos dois dias de programação será uma entrevista exclusiva com o multicampeão Renato Lage, atualmente carnavalesco da Portela ao lado de Márcia Lage, fazendo um panorama sobre sua carreira.

A iniciativa busca valorizar o carnaval como manifestação artística fundamental da História do país, promovendo discussões sobre seus fazeres artísticos e a manutenção dos seus saberes. O projeto conta ainda com retorno financeiro aos profissionais da folia, diante do cenário de instabilidade do carnaval por conta da pandemia.

Para inscrição e mais informações sobre o investimento e as formas de pagamento, deve-se acessar o evento no Sympla: https://www.sympla.com.br/mergulho-de-carnaval—caju-e-carnavalize__1014306.

Confira a programação completa:

Dia 5 de dezembro, sábado

10h: E quando o carnaval nos inspirou a fazer uma pausa? – Aula de boas vindas com DANIELA NAME, da Caju, e LEONARDO ANTAN, do Carnavalize.

11h: Comissões de frente: um quesito em transformação – Palestra com PRISCILLA MOTA e RODRIGO NEGRI. A mediação é de Felipe Tinoco, do Carnavalize.

13h30: Workshop Teoria da Forma e Teoria da Cor com MARIA AUGUSTA, a artista responsável por carnavais históricos na União da Ilha. A mediação é de Priscila Medeiros, da Caju.

14h30: Samba-enredo, letra e música: um debate com MANU DA CUÍCA e CLAUDIO RUSSO. A mediação é de Eryck Quirino, do Carnavalize.

16h: Bordando processos – Uma aula com LEONARDO BORA e GABRIEL HADDAD.

Dia 6 de dezembro, domingo

10h: Histórias do Acesso – Aula com JOÃO VITOR ARAÚJO e GUILHERME ESTEVÃO. A mediação é Marcelo Coutinho, da Caju.

11h15: Um carnaval de brinquedo – Palestra sobre processo criativo com JORGE SILVEIRA.

13h30: Narrativas do Corpo – Debate com LUCINHA NOBRE e EVELYN BASTOS. A mediação é de Beatriz Freire, do Carnavalize.

14h45: Carnaval e política: esta dobradinha ainda assusta? – Uma aula com LUIZ FERNANDO REIS e JACK VASCONCELOS. A mediação de Daniela Name e Leo Antan.

16h30: Tantos carnavais: uma entrevista-depoimento com RENATO LAGE – As equipes de Caju e Carnavalize entrevistam o carnavalesco da Portela, responsável por carnavais antológicos na Mocidade, no Salgueiro, no Império Serrano e na Unidos da Tijuca.

19h: Um serão com MARIA AUGUSTA – Debate sobre os resultados dos processos do Workshop.

Comentários